Apesar de deixar a Fórmula Indy para disputar a temporada 2013 da Stock Car, Rubens Barrichello aceitaria correr provas da categoria como piloto convidado. Um dos amigos mais próximos do experiente piloto, Tony Kanaan garante que Rubinho acenou positivamente à possibilidade, mas teria que passar por cima de contrato com emissora de TV para torná-la real.

"Eu estive com ele neste final de semana e ele estava tentando correr em São Petersburgo, mas teve muitos compromissos e teve que voltar para casa. Além de correr pela Stock Car, ele irá comentar corridas de Fórmula 1", revela o piloto da KV Racing, em entrevista ao site da revista inglesa Autosport.Para Kanaan, o principal obstáculo de Barrichello caso queira competir em uma ou mais etapas como convidado da Indy é o conflito de interesses entre as emissoras Rede Globo e Bandeirantes. A primeira é a responsável pelas transmissões de Stock e F-1 e o canal pelo qual Rubinho irá comentar as provas da principal categoria do automobilismo mundial, enquanto a segunda detém os direitos da Fórmula Indy.

"Acredito que o conflito entre as duas emissoras brasileiras não o deixaria participar da etapa brasileira da Indy, por exemplo", analisa. "Mas acredito que se ele tivesse a oportunidade, iria lutar pelo direito de correr com as pessoas da TV", completa.

Piloto com mais corridas disputadas e temporadas consecutivas na Fórmula 1, Barrichello migrou para a Fórmula Indy após não acertar com nenhuma equipe para o grid de 2012. Após temporada de altos e baixos pela KV de Kanaan, não acertou com nenhuma equipe Honda e decidiu correr em definitivo pela Stock Car, categoria em que participou de provas como convidado no último ano.

"Foi fácil para ele decider fazer algo diferente, já que ele não precisa caçar empregos", afirma Kanaan. "Mas eu iria amar vê-lo de volta. A sua vinda à Indy foi por um pouco de minha responsabilidade, então é claro que sinto sua falta", conclui.