O técnico da seleção masculina de vôlei, Renan dal Zotto, de 60 anos, voltou a ser sedado e intubado neste domingo (25), apresentando "melhora leve" do quadro respiratório nesta segunda-feira (26), conforme nota divulgada pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Diagnosticado com Covid-19, o treinador está internado há dez dias no Hospital Samaritano Botafogo, na zona Sul do Rio de Janeiro.

Devido à baixa saturação de oxigênio, Renan foi intubado no último dia 19. Após cinco dias, ele foi extubado último sábado (24), mas no dia seguinte teve uma "piora no padrão respiratório", segundo o comunicado da CBV, levando-o a uma nova intubação.
 

Renan Dal Zotto

O ex-jogador tomou a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus

O técnico testou positivo para a Covid-19 em 13 de abril, inicialmente com sintomas leves, quando integrava a preparação da seleção masculina no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). O ex-jogador tomou a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus  e aguardava o calendário para a segunda aplicação.

Radamés tem alta

O vice-presidente da CBV, Radamés Lattari, que estava internado desde o último dia 10 com diagnóstico de Covid-19, recebeu alta nesta segunda. Conforme a nota da confederação, ele seguirá o tratamento em casa. Radamés Lattari ficou nove dias intubado durante o período de internação.

Leia mais:
De olho na semi, Cruzeiro mudou quase meio time desde o duelo com o América na 1ª fase do Mineiro
Em busca do tetra, Cuca reencontra Tombense, rival em momento iluminado do Atlético em 2013