HALTEROFILISMO

Dias das Mães: atleta paralímpica mineira concilia gravidez com sonhos no esporte

@leticialopesouLetícia Lopes
Publicado em 08/05/2022 às 08:00.
 (Letícia Lopes)

(Letícia Lopes)

Se juntar as palavras “mulher”, “esporte”, “maternidade” e “deficiência” e der uma busca na internet, você vai se deparar com histórias que retratam dificuldades de mães que desejam ser atletas e de atletas que desejam ser mães. E, atrelados a esses episódios, exemplos de superação para conciliar as duas situações. É o caso da paralímpica Cristiane Alves, que celebra seu primeiro Dia das Mães, como mãe, neste domingo (8).

A belo-horizontina foi diagnosticada com nanismo, uma deficiência no crescimento que pode afetar homens e mulheres, o que não a impediu de seguir o caminho do halterofilismo. E, agora, parte para uma nova etapa em sua vida. Aos 39 anos, Cris está na 34° semana de gravidez. Embora a sensação atual seja de felicidade, quando soube que seria mãe, ela “ficou sem chão”. “Meu primeiro pensamento foi: ‘eu perdi tudo’. Teria que parar de treinar e interromper algo que mudou minha vida”, relembrou a atleta.

Mas o sonho no esporte falou mais alto, sem que isso prejudicasse sua gravidez. Com o auxílio de profissionais do Centro de Treinamento Esportivo da UFMG (CTE), aliado à sua motivação interna, ela pôde continuar a fazer o que ama. E não somente continuar, como seguir com altos rendimentos, como o quarto lugar obtido no Torneio Nacional de Halterofilismo, disputado em março deste ano. 

No CTE, a halterofilista conta com o auxílio e acompanhamento de profissionais de educação física, fisiologia, terapia ocupacional, psicologia e medicina, que fazem orientações pré e pós-treinos, se atentando ao bem-estar da atleta e de Victor Hugo, nome escolhido para o bebê. 

“Às vezes, a gravidez não é planejada, como é o caso da Cris. Mas ela chega e pede toda uma mudança e reestruturação. Então, se pede um maior cuidado e atenção, uma saúde mental boa para dar conta de todas as cobranças e de todo o sentimento. É necessário que essa pessoa esteja bem e possa servir de exemplo para outras esportistas. Como atleta, a Cris está apta a exercer o papel de mãe e continuar o de atleta”, afirmou a psicóloga Flaviane Maia, que acompanha o dia a dia de Cristiane.

Adaptação na rotina

O profissional de educação física e doutorando em Ciências do Esporte Stieler explicou  que, diante da gravidez da Cris, foi preciso adaptar a rotina da “nova mãezona”: houve diminuição de dias de treino, de cinco para três, e do peso dos halteres.

“Vê-la conseguindo conciliar todas essas tarefas e desempenhar o papel dentro do treino e mantendo a motivação, está sendo muito especial. Casos como os da Cris dão visibilidade. Ver uma atleta, mulher, com deficiência e grávida…Se isso não mexer com o coração das pessoas, nem sei mais o que afetaria”, complementou Eduardo.

Superação

Cristiane conta que não conhece outra pessoa com deficiência que seja atleta e tenha passado por uma gravidez e sente falta de ouvir histórias parecidas com as dela. Porém, entende o momento como uma forma de “abrir portas” para outras mulheres: “quero ser inspiração. Um caso diferente, que deu certo. Sou um caso de superação, já sofri muito mesmo, por preconceito e outras coisas. Sou uma atleta que será mãe superando obstáculos”.

Indagada sobre como enxerga seu futuro na maternidade, Cris é enfática. “Agora, como mãe, só sei que os sonhos aumentam muito, dão muito mais motivação para ser ainda melhor”, disse.

Dia das mães

Este será o primeiro Dia das Mães de Cristiane como mãe. E relatou que a movimentação do bebê é sentida por ela a todo momento. “Agora ele mexe o tempo todo, me sinto mãe mesmo. Chega a dar uma emoção muito grande”, relatou.

E já projeta os próximos anos, ao lado de Victor Hugo. “Vou voltar a treinar logo, assim que der, e dar todo incentivo para que ele pratique esportes”, sintetizou.

A esportista também deixou uma mensagem às atletas com ou sem deficiência que desejam se tornar mães: “é possível. Eu sou um exemplo. Se planejem, e vai dar tudo certo”.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por