Pela segunda vez o técnico Mano Menezes disse ‘não’ ao Atlético e Sérgio Sette Câmara. A primeira, segundo apurou o Hoje em Dia, se deu no ano passado, antes de o clube procurar Rafael Dudamel. A segunda, mais recentemente, após a demissão do treinador venezuelano, conforme adiantou o jornalista Igor Assunção, da 98 FM, informação confirmada pela reportagem.

Nas duas ocasiões, o Galo fez sondagens por Mano. Na primeira, ele agradeceu o convite, mas disse que não pretendia assumir nenhum clube brasileiro à época.

Após a eliminação do alvinegro na Copa do Brasil e a demissão do venezuelano, a diretoria voltou a procurar o ex-treinador do Cruzeiro, por meio de várias ligações. Novamente, Menezes disse “obrigado” e “não” ao Atlético.

O último time que Mano dirigiu foi o Palmeiras. Em 2019, ele comandou o Verdão em 20 partidas, sendo 11 vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Antes do Porco, ele havia tido um longo período à frente do Cruzeiro, tendo conquistado o bicampeonato da Copa do Brasil (2017 e 2018) e do bi do Mineiro (2018 e 2019). Pela Raposa também, porém, foi um dos treinadores na campanha do rebaixamento do clube à Série B do Brasileiro.

Cruzeiro