O primeiro jogo do goleiro Rafael em 2019 ficará guardado na memória do reserva imediato de Fábio no Cruzeiro. Ele mesmo é quem garante. Além das boas defesas realizadas durante os 90 minutos de bola rolando na vitória por 2 a 0 sobre o Tombense, o camisa 12 da Raposa ainda teve tempo de, aos 39 do segundo tempo, defender a cobrança de pênalti batida pelo experiente Juan, estrela da equipe de Tombos.

Um dos homens de confiança do técnico Mano Menezes, Rafael completou 109 partidas com a camisa celeste neste domingo (11) e foi bastante elogiado pelo treinador. O gaúcho, inclusive, revelou em entrevista coletiva que seu jogador desperta interesses de outros grandes clubes do país. Uma sondagem, inclusive, foi recebida há duas semanas, segundo Mano.

“Eu já tive a felicidade de ter os dois como titulares (Fábio e Rafael). Penso que seria o Rafael titular em boa parte dos clubes do Brasil. Aliás, há duas semanas, recebi uma consulta se nós o liberaríamos para ser provavelmente titular em um dos grandes clubes do Brasil”, revelou o técnico. 

Perguntado qual seria este clube, o comandante da Raposa se esquivou. “Não, não, não. Foi só a comprovação de que ele seria titular em grandes clubes do Brasil (risos)”, concluiu.

Na saída do gramado, Rafael falou sobre a boa atuação diante o Tombense. " Estou feliz. Um jogo que vou guardar com carinho, pela vitória. O time jogou bem, feliz por fazer estreia esse ano e ter ajudado a equipe a sair com a vitória. Pegando um pênalti ainda foi muito bom", disse à TV Globo.