A sequencia de cinco jogos sem perder na Série B - três empates e duas vitórias -, consolidada com o triunfo por 2 a 0 sobre o Paraná, nessa sexta-feira (30), mostra evolução do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro da Série B.

Com 20 pontos, a Raposa ocupa momentaneamente a 16ª posição, e torce para que Náutico e Figueirense não vençam seus jogos no encerramento da rodada, para terminar o primeiro turnodo torneio fora da zona de rebaixamento.

Na outra ponta da tabela, o time estrelado vê o Juventude, que joga neste domingo, fechar o G-4 com 28 pontos.

Após a vitória no Gigante da Pampulha, o zagueiro Manoel destacou a importância do técnico Felipão, que somou sete dos nove pontos que disputou até o momento.

"A gente fica feliz, temos um treinador no banco que é consagrado, todo mundo sabe da história dele, ficamos muito felizes. A gente mudou o espírito, estamos mais vibrantes, todo mundo que está no banco. A gente está tendo uma oportunidade única de levantar esse clube de novo para a Série A, então vamos trabalhar bastante, tem muita coisa para melhorar", disse o defensor, em entrevista ao canal Premiere.

Sonho do acesso

Mesmo com o time na parte de baixo da tabela, o camisa 32 da Raposa se animou com a atuação da equipe diante do Paraná, e afirmou que o acesso à Série A ainda é possível.

"É difícil (subir). A gente está lá embaixo, não esperávamos isso, mas aconteceram várias coisas - não vem ao caso a gente vir aqui falar -, agora é trabalhar. Como eu falei, é uma comissão (técnica) diferente,  um trabalho diferente, que a gente espera que possam nos ajudar, e a gente vai fazer de tudo para ajudar o  Cruzeiro a subir para a primeira divisão. Temos chances sim. Com esse espírito de hoje, temos grandes chances de subir".

O Cruzeiro volta a campo na próxima sexta, para enfrentar o Botafogo-SP, às 19h15, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 20ª rodada da Série B, a primeira do returno.