Depois da precoce queda na estreia no Rio Open, Marcelo Melo voltou às quadras na madrugada desta quinta-feira (26) e voltou a vencer no circuito, no Torneio de Acapulco, no México. O brasileiro e o croata Ivan Dodig derrotaram o filipino Treat Huey e o norte-americano Scott Lipsky por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Com a vitória, a dupla avançou à segunda rodada, equivalente às quartas de final da chave. Os próximos adversários de Melo e Dodig serão os locais Cesar Ramirez e Miguel Angel Reyes-Varela. A parceria mexicana entrou na chave como convidada da organização da competição de nível ATP 500.

Melo é o único brasileiro ainda vivo no torneio. Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya foram eliminados logo na estreia, apesar da condição de favoritos - a dupla era a terceira cabeça de chave no piso duro de Acapulco.

Na chave de simples, os favoritos não tiveram maior problema para avançarem às quartas. O japonês Kei Nishikori, principal candidato ao título, derrotou o taiwanês Lu Yen-Hsun por 6/1 e 6/3. Na sequência, vai enfrentar o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que eliminou o austríaco Andreas Haider-Maurer por 6/2 e 6/3.

David Ferrer, por sua vez, despachou o australiano Marinko Matosevic, por 7/6 (7/3) e 6/4. Seu próximo adversário será outro tenista da Austrália. Bernard Tomic avançou ao derrotar o alemão Benjamin Becker por 4/6, 6/3 e 6/2.

O único favorito a cair nesta madrugada foi o búlgaro Grigor Dimitrov, surpreendido pelo norte-americano Ryan Harrison. O terceiro cabeça de chave foi derrotado pelo placar de 7/5, 4/6 e 6/0. Harrison vai duelar agora com o croata Ivo Karlovic. O dono de um dos saques mais poderosos do circuito bateu o sérvio Dusan Lajovic por 3/6, 6/3 e 6/1.

Fechando a rodada, o sul-africano Kevin Anderson venceu o americano Steve Johnson (3/6, 7/5 e 6/3), enquanto o sérvio Viktor Troicki bateu o colombiano Santiago Giraldo por 6/3 e 6/4. Os dois vencedores se enfrentam nas quartas de final.