O Atlético pode criar uma equipe de transição para a temporada de 2020

A informação é do gerente de futebol do clube, Marques que revelou, com exclusividade ao Hoje em Dia, a intenção do Alvinegro em criar um time formado por jovens atletas, que auxiliariam o elenco principal no ano que vem.

“Obviamente, a gente tem um plantel que comportará alguns atletas dessa idade (Sub-23). A ideia do Atlético, hoje ,é de trazer uma equipe de transição. Nessa equipe, muitos atletas do Sub-23 participarão. Você abrindo um número maior de inscritos (no Mineiro), fatalmente a gente poderá mesclar atletas mais novos”, afirmou o ex-jogador, que representou o Galo na reunião do Conselho Arbitral do Campeonato Mineiro, realizada na última terça-feira (29).

Marques Atlético

Em relação ao número de atletas a serem registrados no Estadual, como citado por Marques, não houve uma limitação para a edição de 2020, como temiam os clubes.

Desse modo, está liberado o número de jogadores a serem utilizados na competição, independentemente da idade.

O dirigente também destacou que essa equipe de transição não seria focada apenas para o Campeonato Mineiro ou para os primeiros meses do ano.

“Não no Campeonato Mineiro propriamente dito, mas que seja um suporte da equipe profissional”.

Em 2017, o Atlético criou uma equipe “B”, que disputou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes e a Segundona do Campeonato Brasileiro.

No ano seguinte, o presidente Sérgio Sette Câmara encerrou essa iniciativa.