Dia 9 de setembro. A data representa a última vez em que Marrony entrou em campo na condição de titular do Atlético. E, mesmo assim, teve pouco tempo para atuar. Sacado da equipe aos 18 minutos do duelo com o Santos, para a entrada do goleiro Victor, uma vez que Rafael havia sido expulso, o atacante perdeu espaço no elenco e só voltou a jogar no decorrer do segundo tempo dos confrontos ante Grêmio e Vasco, nas duas rodadas mais recentes. Mas, após um mês, ele poderá novamente ocupar um lugar entre os 11 principais.

Sem Savarino, convocado pela seleção venezuelana, o camisa 38 tem chances de iniciar a partida desta quarta-feira (7), às 21h30, contra o Fortaleza, no Castelão, pela 14ª rodada do Brasileiro. Outros postulantes à vaga são Marquinhos e Sávio. Há ainda a possibilidade de improvisar Mailton ou mesmo de mudar o esquema de jogo. 

Já ciente da ida de Savarino à disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo, Sampaoli voltou a acionar Marrony, que, depois da derrota diante do Santos, ficou fora de combate dos triunfos sobre Bragantino e Atlético-GO.

Apesar disso, não teve muito tempo para atuar nos últimos desafios: somente dez minutos ante o Grêmio e 24 contra o Vasco. Em ambas ocasiões, substituiu Sasha; este, não balança as redes há seis rodadas. O jejum de Marrony é maior: nove partidas, sendo quatro como titular.

Atlético

Marrony marcou pela última vez no dia 16 de agosto, quando anotou dois no Ceará

Trajetória

Marrony chegou ao Atlético a “peso de ouro” – o Galo desembolsou cerca de R$ 20 milhões ao Vasco para ter o atacante –, emplacou de cara a titularidade, estreando no empate em 1 a 1 com o América, pela décima rodada do Mineiro, se tornou nome importante em alguns jogos e teve como auge os dois gols marcados nos 2 a 0 sobre o Ceará, pela terceira jornada do Brasileiro. Aliás, foi perante o Vozão que o avante anotou seu último tento pelo clube mineiro, há quase dois meses. 

Gradativamente, perdeu espaço no elenco. Até agora, soma 16 partidas e três gols pelo Galo.

Confira os jogos de Marrony pelo Atlético

Como titular

26/7 – América 1 x 1 Atlético – 10ª rodada do Mineiro
29/7 – Atlético 4 x 0 Patrocinense – 11ª rodada do Mineiro
2/8 – Atlético 2 x 1 América – Semifinal do Mineiro
5/8 – América 0 x 3 Atlético – Semifinal do Mineiro = 1 gol
12/8 – Atlético 3 x 2 Corinthians – 2ª rodada do Brasileiro
16/8 – Atlético 2 x 0 Ceará – 3ª rodada do Brasileiro – 2 gols
19/8 – Botafogo 2 x 1 Atlético – 4ª rodada do Brasileiro
22/8 – Internacional 1 x 0 Atlético – 5ª do Brasileiro
26/8 – Atlético 2 x 1 Tombense – Final do Mineiro
9/9 – Santos 3 x 1 Atlético – 9ª rodada do Brasileiro

Entrando no decorrer do confronto

9/8 – Flamengo 0 x 1 Atlético – 1° rodada do Brasileiro
30/8 – Tombense 0 x 1 Atlético – Final do Mineiro
3/9 – Atlético 3 x 0 São Paulo – 7ª rodada do Brasileiro
6/9 – Coritiba 0 x 1 Atlético – 8ª rodada do Brasileiro
26/9 – Atlético 3 x 1 Grêmio – 12ª rodada do Brasileiro
4/10 – Atlético 4 x 1 Vasco – 13ª rodada do Brasileiro