Com boas lembranças do GP de Abu Dabi, Felipe Massa quer repetir no fim de semana a boa performance na corrida do ano passado, quando chegou a brigar pela vitória e cruzou a linha de chegada em segundo lugar, atrás somente do inglês Lewis Hamilton, campeão daquele Mundial de Pilotos da Fórmula 1.

"Acho que aquela foi a minha melhor corrida pela Williams. Ser capaz de brigar pela vitória foi incrível", comenta o brasileiro, às vésperas de outra prova no Circuito de Yas Marina. "Nós ficamos muito perto de vencer a corrida. Foi o melhor resultado da equipe, com uma dobradinha no pódio."

Para Massa, o maior atrativo do GP de Abu Dabi é a variação de luz e temperatura, porque a corrida começa no fim da tarde e termina já sob a penumbra da noite. "É quase como se fossem duas corridas separadas. Eu espero que possamos ter uma performance parecida com a que tivemos no ano passado, porque o carro estava muito forte."

O piloto brasileiro chega aos Emirados Árabes Unidos sem maiores pretensões para esta última prova do campeonato. Massa brigava pelo quarto lugar no Mundial de Pilotos, mas a desclassificação no GP do Brasil, por irregularidade na temperatura do pneu, praticamente acabou com suas chances de terminar a temporada nesta posição.

Massa, em sexto lugar, tem 117 pontos, e disputava o quarto posto com dois finlandeses, o companheiro de equipe Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen, da Ferrari. Bottas tem 136 e o rival do time italiano tem 135. Para superar a dupla, Massa teria que vencer em Abu Dabi e ainda torcer por resultados ruins dos finlandeses.