O salão internacional de marketing esportivo e licenciamento de produtos Intersports Brazil Hall, que acontece desde quinta-feira (21) até o domingo (24), no Expominas, reúne todos os tipos de "tribos" do esporte. Na feira, estandes de venda de produtos de academia até massagens rápidas feitas por uma universidade de Belo Horizonte.

As opções mais interativas, como slackline, escalada, paintball, mensuração de tempos de atletismo e hóquei in line atraiam mais a atenção dos visitantes da feira, um público mais jovem durante a tarde, com alunos de escolas de Belo Horizonte.

Esportes radicais

Os esportes radicais, apresentados pela empresa Nerea, localizados bem no centro do salão do Expominas, formaram uma fila de espera, sendo atrações destacadas na Intersports Brazil Hall.

Famoso nos últimos tempos, ganhando praticantes e mídia, o Slackline era praticado incessantemente. Três garotos, em especial, chamaram a atenção por irem até a metade da corda e não conseguirem passar daquele local. No entanto, a cada queda, voltavam para a fita, tentando alcançar o final.

"Gratificação é muito grande. Todo mundo que procura o stand, procura uma emoção nova. O slackline é uma coisa viciante. A evolução é rápida, com dois dias já estão atravessando a fita", disse Patrick Cordeiro, um dos responsáveis pelo estande do Nerea.

"A escalada já é inserida, mas nem todos consgeuem chegar na escalada. o pessoal se dedica muito para chegar até o final. É a primeira vez de muitos, eles agradecem a gente. É gratificante", comentou Cordeiro.

Massagem movimentada

Um dos estandes mais movimentados foi o do Centro Universitário UNI-BH, que oferecia, nesta sexta-feira, quick massage, com duração de até 20 minutos, e aferia a pressão do público. Com a intenção de divulgar os cursos da faculdade na área de sáude.

A alta procura se deve a um motivo só, de acordo com os funcionários n local, o estresse do dia está engolindo todo mundo. Na sexta, então, acumula-se a tensão de toda a semana.

"Todo mundo está tenso. Hoje em dia, o cidadão já é tenso. Quando chega e fala que é massagem relaxante dá esse ibope. As pessoas querem relaxar", disse Adriana Marques, esteticista. "Tem gente que dorme durante a massagem, fala que aliviou... É um resultado imediato", ressaltou.

O estudante Caio Wendell, de 18 anos, da Escola Estadual Augusto de Lima, sentiu na pela os efeitos da quick massage. E sequer conseguia explicar o que estava sentindo. "Estou relaxado até agora, meu corpo está diferente. Nunca senti minhas costas assim. Estou descansado até agora", relatou.

Do estudante para a professora. Com uma rotina em classe pesada, Ana Carolina Moreira, de 31 anos, que leciona na Escola Estadual Benjamin Guimarães, não escondeu que o principal destaque, em sua opinião, era o relaxamento proposta pelas esteticistas da UNI-BH. "Foi bacana demais. Deu para dar uma relaxada boa. Dá para sair voando. A atração (do Intersports Brazil Hall) foi aqui", destacou Ana.

Com o feedback positivo após as massagens de Caio e Ana Carolina, aceitei o intrépido desafio de ser submetido ao processo de relaxamento. Após os 20 minutos, de fato, senti uma enorme diferença. Parecia que o peso que estava em minhas costas tinha sido retirado. Questionei à Adriana o porquê disso: "Tem uma tensão muito grande na região escapular. Foi o que mais percebi. Isso é por conta do estresse que se acumula. Deixa você com dores e até mesmo mais irritado", comentou.