O campeão mundial Kylian Mbappé, símbolo da nova geração de jovens e talentosos jogadores franceses, declarou neste domingo que sua história está apenas começando.

"Tenho uma história para escrever, isto é apenas o começo. Tenho a intenção de ir muito mais longe", declarou o jogador de apenas 19 anos, o segundo mais novo a marcar em uma final de Copa do Mundo, atrás apenas de Pelé.

"Revelei minhas ambições coletivas no início da Copa do Mundo, queria ganhá-la. Agora é a vida que pedimos. Estamos orgulhosos de tornar os franceses felizes. Tínhamos consciência deste nosso papel, porque sabemos que assim esquecem todos os seus problemas. Jogamos para este tipo de coisa".

"Ganhar uma Copa do Mundo tão jovem abre as portas. Agora preciso seguir trabalhando", disse Mbappé, acrescentando que está "100%" no PSG, apesar do interesse do Real Madrid em torná-lo o sucessor de Cristiano Ronaldo.

"Ser campeão mundial é enviar uma mensagem, é um passaporte para seguir trabalhando e fazer ainda mais e melhor".

Sobre o quarto gol na final contra a Croácia (4-2), Mbappé declarou que foi "genial, especialmente porque é um gol que nos permite decolar". "Tenho um sono fácil, mas hoje não vou dormir, vou comemorar, e voltaremos a trabalhar nas próximas semanas".

Leia mais:

França recebe 32,5 milhões de euros por título na Rússia

Beyoncé e Jay-Z vestem camisa dos Bleus em show em Paris

Pelé felicita Mbappé, segundo jogador mais jovem a marcar em uma final de Copa