Anunciado oficialmente pelo Paris Saint-Germain (PSG), apresentado nesta quarta-feira (11) como novo reforço do clube e cheio de gana para levar o time francês ao título da Champions League, Lionel Messi destacou a alegria de fazer parte de um elenco cheio de atletas de qualidade e que também são amigos. 

“Para mim, uma felicidade gigantesca poder dividir o dia a dia com jogadores fenomenais e pessoas incríveis. Minha vontade é começar logo a treinar e a competir. Farei isso com os melhores”, afirmou o armador, que revelou ter conversado com alguns deles antes de se transferir ao PSG.

“Ney, Di María, Paredes, são amigos, jogadores que já conheço. Nós conversamos. Eles fizeram muito para que eu escolhesse esse clube", complementou.

Expert quando o assunto é Champions League, por ter já ter vencido a competição quatro vezes (2005/6, 2008/9, 2010/11 e 2014/15), o argentino disse que fará de tudo para que o time francês alcance o sonho de levantar essa taça pela primeira vez.

"Não é fácil. Às vezes, um time excelente, o melhor do mundo, pode não ganhar. Isso é futebol, pequenos detalhes podem te deixar fora de um torneio. A Champions é muito difícil, e o PSG sabe disso. Tinha um time excelente e não conseguiu conquistar. (...) Qual a receita? Não sei. Um grupo forte e unido é fundamental, e sei que no PSG tem isso. E tem que ter um pouco de sorte no futebol. E ela precisa ser conquistada, precisa estar do nosso lado”, comentou.

Com relação à estreia, ainda não há definição de uma data: "Não sei ainda, acabo de voltar de férias, estava há um mês parado. Acho que vou ter que fazer uma pré-temporada sozinho, treinar para poder jogar. Espero que seja o quanto antes, mas não posso te dar uma data. Porém, a vontade existe".

Messi assinou contrato com o clube por dois anos, com possibilidade de renovar por mais um, e vai usar a camisa 30.

Leia Mais:
Surfe: Ítalo Ferreira avança direto na abertura da etapa mexicana
Galo imparável faz duelo de opostos com River, que tenta se reencontrar nas quartas da Libertadores

 

Messi