A segunda final mineira consecutiva na Superliga Feminina de Vôlei, já que na temporada 2019/2020 a competição não foi encerrada, por causa da pandemia, terá a campeã conhecida nesta segunda-feira (5), às 21h, quando Itambém/Minas e Dentil/Praia Clube disputam a terceira e última partida decisiva no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema, no Rio de Janeiro. Isso é fruto da vitória por 3 a 1 (19/25, 25/20, 27/25 e 25/23) das minastenistas no segundo confronto, na noite do último sábado (3).

Pri Daroit Minas Praia 2021

Pri Daroit foi o destaque da vitória do Minas sobre o Praia Clube que provocou a disputa da terceira partida na decisão da Superliga Feminina

A Covid-19 fez com que a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) optasse pelo sistema de bolha na reta final da competição, que desde as semifinais é jogada no interior do Rio de Janeiro, com delegações confinadas para evitar a circulação do vírus.

O jogo

Com apenas uma derrota somando os jogos da fase classificatória, quartas de final e semifinal, o Minas perdeu a primeira partida decisiva para o Praia, na última quinta-feira (1º), por 3 a 1, o que deu ao time de Uberlândia a chance de conquistar o título, que ganhou na temporada 2017/2018.

E o segundo confronto final, no último sábado, começou deixando a impressão de que a Superliga teria seu último capítulo, pois o Praia teve um início arrasador, abrindo 10 a 2 e fechando a primeira parcial em 25 a 19.

A partir do segundo set, o Minas reencontrou seu jogo, impulsionado por grande atuação da ponteira Pri Daroit, que marcou 16 pontos e recebeu o troféu Viva Vôlei, como melhor jogadora da segunda partida decisiva.

“No primeiro jogo elas conseguiram nos marcar muito bem taticamente e nós não jogamos o que costumamos jogar. Hoje, a ideia era mesmo entrar com uma postura diferente. No primeiro set, mesmo tomando 7/1 logo no começo, sabíamos que o espírito estava diferente. Em nenhum momento, deixamos nos abalar. Por mais que a diferença estivesse grande, não deixamos escapar, buscamos ponto a ponto e sempre juntas. Acho que isso que fez a diferença”, afirmou após a partida Daroit.

As maiores pontuadoras do confronto foram estrangeiras. A oposta dominicana Brayelin Martinez, do Praia, marcou 22 pontos, contra 21 da também oposta norte-americana Dani Cuttino, do Minas.

QUEM JOGOU

DENTIL/PRAIA CLUBE

Claudinha, B. Maritnez, Michelle, Fernanda Garay, Carol e Walewska. Líbero – Suelen
Entraram: Monique, Anne, Angélica, Rosane,
Técnico: Paulo Coco

ITAMBÉ/MINAS

Macris, Dani Cuttino, Megan Easy, Pri Daroit, Carol Gattaz e Thaisa. Líbero – Léia
Entraram: Kasiely, Pri Heldes, Camila Mesquita,
Técnico: Nicola Negro