O Minas é tricampeão da Taça Brasil de futsal. Na manhã deste sábado (20), o time azul e branco venceu o Foz Cataratas (PR) por 4 a 2, na decisão do torneio, e repetiu os feitos de 2002 e 2012.

No duelo em Tubarão, sede do campeonato, o time minastenista saiu na frente do placar com Ferro, nos primeiros minutos do primeiro tempo.

A equipe paranaense virou a partida com gols de Gugu Flores (de pênalti), e Kauê.

Os comandados do técnico Peri Fuentes buscaram a igualdade no marcador com Lion, nos últimos segundos da primeira etapa.

No segundo tempo, Luiz e Ribeiro balançaram as redes do Foz e garantiram o terceiro título do Minas na competição mais tradicional do futsal brasileiro. 

O que eleva ainda mais o feito da equipe mineira é fato de que a média de idade do elenco é próxima aos 20 anos.

Um dos mais experientes do grupo, o fixo Ferro, de 22 anos, desabafou após o triunfo.

“O que estou sentindo com a conquista deste título é maravilhoso. Nós trabalhamos e lutamos muito para alcançar nosso objetivo”, disse o jogador, ao site oficial do Minas.

A Taça Brasil de Futsal inicialmente estava marcada para ser disputada em outubro de 2020. Entretanto, de razão da pandemia de coronavírus, o evento foi adiado primeiro para dezembro, e depois para janeiro, quando teve condições de ser realizado. 

Invicto

A conquista vem com uma campanha incontestável. Em seis jogos, o time mineiro venceu cinco e empatou apenas um, ainda na primeira fase.

Com 22 gols marcados e apenas quatro sofridos, os azuis tiveram o ataque mais positivo e e a melhor defesa da competição.

Outros destaques da conquista do título são o goleiro Françoar, fundamental durante toda a competição, e o pivô Renato, decisivo com gols e assistências em momentos chave da trajetória até a taça.  

Comandante dessa garotada, Peri Fuentes comemorou o primeiro grande título à frente do time principal do Minas.

“Começar a temporada com um título desta envergadura e de tanta tradição é excelente, então só tenho que parabenizar a todos”, vibrou Peri.

Com o título, os minastenistas garantiram acesso para a Supercopa marcada para os dias 25 e 28 de fevereiro, em Sorocaba (SP).

Na competição, também estarão o Dois Vizinhos (PR), campeão da Copa do Brasil, e o Magnus (SP), sediante e campeão da Liga Nacional de Futsal (LNF). O vencedor da Supercopa automaticamente estará classificado para a Copa Libertadores de Futsal.

Ficha técnica

Minas: Françoar, Ferro, Libânio, Ribeiro e Renato.

Entraram: Anderson, Lucas, Luís, Léozinho, Lion, Matheus Maia e Sodré.

Técnico: Peri Fuentes.

Foz Cataratas (PR): Henrique, Léo Evangelista, Neto, Pedro e Kaue.

Entraram: Gugu Flores, Willian e Churrasco.

Técnico: Banana.

Árbitros: Gean Coelho Telles e Felipe de Fábio Ventura.

Gols

1T / 3’ – Ferro (Minas)

1T / 10’ – Gugu Flores (Foz Cataratas)

1T / 18’ – Kauê (Foz Cataratas)

1T / 19’ – Lion (Minas)

2T / 8’ – Luiz (Minas)

2T / 15’ – Ribeiro (Minas)

Campanha

Fase classificatória

14/2 – AABB (SP) 1 x 4 Minas – Tubarão (SC)

16/2 – Tubarão (SC) 0 x 0 Minas – Tubarão (SC)

17/2 – Minas 7 x 0 Unidos do Cruzeiro (DF) – Tubarão (SC)

Quartas de final - 18/2 – Minas 5 x 0 Unidos do Alvorada (AM) – Tubarão (SC)

Semifinal- 19/2 – Tubarão (SC) 1 x 2 Minas – Tubarão (SC)

Final - 20/2 – Minas 4 x 2 Foz Cataratas (PR) – Tubarão (SC)

Minas Tênis Clube, campeão da Taça Brasil de futsal 2020, disputada em 2021