A seleção brasileira feminina de vôlei segue com 100% de aproveitamento nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Na manhã desta quinta-feira (29), o time verde e amarelo venceu o Japão por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/18 e 26/24, e chegou à terceira vitória no Grupo A da disputa.

O episódio triste da partida ficou por conta da lesão da levantadora Macris. No terceiro set, a jogadora do Minas Tênis Clube torceu o tornozelo direito na aterrisagem de um bloqueio e deixou a quadra chorando. A substituta foi Roberta, responsável em guiar o Brasil ao triunfo na partida.

Outras representantes de clubes mineiros na partida foram as centrais Carol Gattaz, do Minas, e Carol, do Praia Clube.

A Seleção volta a quadra no próximo sábado (31), às 04h25 (de Brasília), para encarar a Sérvia, naquele que promete ser o principal desafio na fase de grupos.

Vitorioso também sobre Coréia do Sul e República Dominicana, o Brasil vai encerrar esta etapa da competição na próxima segunda, às 9h45 (de Brasília), contra Quênia.  

Leia também:
Rebeca Andrade leva a prata e se torna a primeira ginasta brasileira no pódio em Jogos Olímpicos
Após sucesso de Scheffer, minastenista Guilherme Costa disputa final dos 800m livre nesta quarta