Ele pôde confirmar os planos apenas em cima da hora. Com direiro a troca entre os Estados Unidos – onde havia conquistado o quarto lugar no campeonato da F-2000 (parte da trajetória de acesso à Indy) – e a Europa. E mal teve a chance de andar no novo equipamento antes da primeira etapa do novo desafio, a Fórmula Regional Europa, que nasce para ocupar o lugar que era da F-3 no Velho Continente.

Por tudo isso, não é exagero dizer que o mineiro Igor Fraga – nascido na cidade japonesa de Kanazawa de pais ipatinguenses –, foi a revelação do primeiro fim de semana da história da categoria, no circuito francês de Paul Ricard.

Ainda se ambientando ao carro (um Tatuus-Alfa Romeo de 270cv) e à equipe (a italiana DR Racing by RP), ele fez valer a versatilidade adquirida nos games de corrida, em que é um dos principais nomes no mundo, para superar as dificuldades iniciais. Nas três corridas, conquistou um pódio, que pode virar dois.

Para complicar as coisas, os treinos de qualificação foram disputados sob chuva na sexta-feira – Igor ficou com a quarta posição, enquanto Enzo Fittipaldi, neto de Emerson, garantia a pole.

Felizmente as condições mudaram no dia seguinte. O mineiro superou Fittipaldi na largada – o dinamarquês Frederik Vesti tomou a ponta –, e por boa parte da primeira prova conseguiu manter a segunda posição mas, com os pneus desgastados, acabou recebendo a bandeirada em terceiro.

O problema se repetiu na segunda corrida, em que Igor chegou a atacar o líder Olli Caldwell nas primeiras voltas, mas não conseguiu impedir o 1-2-3 da equipe Prema. Na vistoria técnica, no entanto, o britânico foi desclassificado por uma irregularidade em seu carro, deixando o resultado sub-júdice (a escuderia recorreu). Caso mantida a decisão, Igor herda a terceira posição, com Fittipaldi se tornando o vencedor.

Fogo amigo

O fim de semana quase perfeito só esbarrou no fogo amigo na última corrida do fim de semana. O piloto do carro 17 ocupava a quarta posição até a antepenúltima volta, quando acabou tocado pelo mexicano Raul Guzmán, seu companheiro de equipe.

Ainda assim, garantiu a sétima posição na prova, o que vale, provisoriamente, o terceiro lugar no campeonato, atrás de Vesti e Fittipaldi. A Fórmula Regional Europa prossegue nos dias 4 e 5 de maio em Vallelunga, pista próxima a Roma.

Confira mais notícias de automobilismo e motociclismo no site Racemotor (www.racemotor.com.br).

RÁPIDAS

MINEIRO DE KART VOLTA AO RBC RACING, PARA TERCEIRA ETAPA DA TEMPORADA

Depois do retorno ao Kartódromo Internacional Toninho da Matta, em Betim, para a segunda etapa da competição, o Mineiro de Kart está de volta a seu habitat natural: o RBC Racing, em Vespasiano. A programação da terceira etapa da competição começa sexta-feira, com quatro sessões de treino livre. No sábado (20), a partir das 9h, acontecem as tomadas de tempo das quatro divisões (Cadete/Mirim; Fórmula 4/F4 Júnior; Júnior Menor/Super Sprinter e Superkart Indoor), com as baterias da rodada dupla a partir das 10h10. Os pequenos do Projeto Piloto do Futuro ganham a pista para a sua corrida às 13h15.

PILOTOS E EQUIPES DO ESTADO FAZEM BONITO NA PRIMEIRA DO ENDURO

O Sul da Bahia foi palco da primeira prova do Brasileiro de Enduro de Regularidade, com participação destacada de pilotos e equipes mineiros. Com direito a trechos de praia e trilhas em região de Mata Atlântica, o Enduro Costa das Baleias, no Prado, exigiu bastante dos competidores e, na categoria Master, foi vencido pelo capixaba Jomar Grecco (da equipe O2BH Yamaha Racing), com os lavrenses Tunico Maciel e Dário Júlio, ambos da Honda Racing Brasil, em quarto e quinto. Na categoria Brasil, para motos nacionais, vitória de Fábio Amaral, também da O2BH – o mineiro defende o título conquistado ano passado.

CHUVA PREJUDICA ABERTURA DO BRASILEIRO DE MOTOCROSS EM ALFENAS

A festa estava preparada, mas acabou encerrada antes da hora devido à forte chuva no domingo. Com isso, oito categorias do Brasileiro de Motocross não puderam entrar na pista em Alfenas para as corridas – estrearão apenas na etapa de Morrinhos (GO), em 19 de maio. As três categorias com baterias previstas para o sábado foram disputadas normalmente: na Nacional Pró, vitória de Wellington Garcia Matos, à frente de Ismael Rojas e Gustavo Amaral. O paulista Cristiano Lopes levou a melhor na MX4 (over 40), seguido por William Guimarães e Wolney Lima. Na MX5 (over 50), domínio de Ricardo Sebbe, à frente de Marco Müller e Fábio Aleixo.