No ano passado, em casa, foram sete títulos e uma participação maciça e destacada. Agora, longe de Minas, os pilotos do estado não querem diminuir o ritmo e prometem manter a tradição de bons resultados numa das principais competições do kart brasileiro.

Até sábado, o Kartódromo Beto Carrero World, no parque de diversões do mesmo nome, em Penha (SC), recebe a 21ª Copa Brasil. Que difere do Brasileiro pelo formato, já que reúne todas as categorias oficiais (ao todo 18) em um mesmo evento. Com apenas duas provas classificatórias para definir o grid de largada da corrida final, que determinará os campeões desta edição.

São mais de 300 inscritos (recorde da competição), dos quais 16 mineiros. O grande nome da delegação é Lucas Staico, campeão brasileiro da Júnior e vice sul-americano da Codasur Júnior. Integrante da Academia Shell de jovens pilotos, ele está inscrito nas duas categorias. Ano passado, no RBC Racing, em Vespasiano, ele conquistou o título da Copa Brasil na Júnior Menor.

Na Graduados, que reúne os mais experientes, Ayrton Gil e Pedro Ferreira lutam por um lugar no pódio. Mesmo caso de Luca Neuenschwander que, na edição anterior, enfrentou problemas no kart e não conseguiu confirmar seu potencial na Júnior Menor.

Pelo bi
Quem chega ao traçado catarinense em busca do bicampeonato é André Novaes na F-4 Graduados (karts com motores quatro tempos estacionários de 400cc). Ele ainda encara a OK Internacional, categoria com o regulamento FIA e os motores de última geração.

Na F-4 Sênior, é a vez de Lucas Seixas; José Bicalho Jr. acelera na F-4 Super Sênior, enquanto Roberto Cló e Luiz Henrique Pinheiro competem na F-4 Super Sênior Master.

A lista é completada por Francisco Turner (Novatos); Glaydson Cardoso (Super Sênior) e Luiz Pinheiro, que disputa ainda a Super Sênior Master.

Hoje serão encerrados os treinos livres das 18 categorias. Amanhã serão disputadas as tomadas de tempo, determinando a ordem de largada para a primeira classificatória, já  na quinta-feira para as categorias menores – as demais começam na sexta-feira. O sábado é reservado às finais que definirão os vencedores da 21ª Copa Brasil.

Leia mais sobre automobilismo e motociclismo no site Racemotor (https://www.racemotor.com.br)

 

RÁPIDAS

IGOR FRAGA MANTÉM QUARTO LUGAR NA
F-REGIONAL EUROPA APÓS ETAPA NA ITÁLIA

Japonês de nascimento, mas filho de ipatinguenses e radicado na cidade, Igor Fraga segue na luta pelo terceiro lugar final da primeira temporada da F-Regional Europa. Na sétima etapa do campeonato, no traçado italiano de Mugello (próximo a Florença), ele somou dois quartos e um quinto lugar com o Tatuus-Alfa Romeo da equipe DR Formula by RP. Com duas vitórias na temporada (Red Bull Ring e Imola), ele ocupa o quarto lugar na classificação, com 235 pontos, 30 a menos do que o alemão David Schumacher (filho de Ralf). Na última etapa da competição, em Monza, 75 pontos vão estar em disputa. O título foi confirmado por antecipação pelo dinamarquês Frederik Vesti (Prema Powerteam).

FERAS DO HARD ENDURO ENCARAM DESAFIO
PELO BRASILEIRO NAS TRILHAS DO IBITIPOCA

Uma das mais belas e desafiadoras regiões de Minas recebem, neste sábado e domingo (12 e 13), uma das competições mais extremas do fora de estrada nacional: o Brasileiro de Hard Enduro. Pilotos de todo o país vão encarar o The King Ibitipoca Off Road. Uma atração especial é a presença do argentino Crispy Arriegada (Orange BH KTM), que disputou o Brasileiro de Enduro FIM e vai encarar os especialistas na modalidade, como Rigor Rico, representante brasileiro no Red Bull Romaniacs, principal prova internacional do esporte. No primeiro dia, o desafio será um prólogo que definirá a ordem de largada para o percurso principal.

CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO RECEBE
A PENÚLTIMA DO MINEIRO DE MOTOCROSS

Antes de voltar ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, dia 27, para consagrar os campeões da temporada ao lado do Brasileiro, o Mineiro de Motocross vai fazer as máquinas decolarem em outro aeroporto. No próximo fim de semana (12 e 13 de outubro), o de Conceição do Mato Dentro é o palco da quinta e penúltima etapa da competição. A pista montada recebe as feras das categorias MX1, MX2 (as duas reunindo os pilotos mais experientes);  MX3, MX4, MX5 (master); MX Feminina, MX2 Júnior, Intermediária, Vintage (modelos antigos), Nacional A e B; 50cc e 65cc.