O clima de final da Copa América tomou conta do Maracanã, palco do jogo entre Brasil e Peru, às 17h deste domingo, no Rio de Janeiro. Mesmo com a Argentina fora da finalíssima, brasileiros não perderam tempo e acirraram ainda mais a rivalidade com os hermanos. 

Mineiros de Belo Horizonte, um grupo de torcedores não perdoou nem Lionel Messi, argentino considerado um dos jogadores mais fenomenais da história. 

Com a imagem do camisa 10 da Albiceleste, sete amigos zoaram o craque de “pipoqueiro”. 

“Nós gostamos muito do Messi. Inegável que ele é um dos maiores da história. A questão é uma brincadeira, porque a Argentina sempre perde para o Brasil. Nós admiramos ele (Messi), sabemos que ele joga muito, mas a Argentina perdeu novamente”, disse Pedro Hugo, 28, que mora no bairro Água Branca, em Contagem. 

Pedro era um dos amigos presentes no pré-jogo de Brasil e Peru nos arredores do Maracanã. Junto de Lucas Moura, Matheus Guimaraes, Gabriel Moura, Lucas Greco, Lucas Bergman e Leonardo Assírio ele fazia a festa inclusive com a imprensa internacional.