O palco, desta vez, é o Kartódromo Delci Damian, em Cascavel, oeste do Paraná. Até o dia 27, em duas fases, mais de 450 pilotos de todo o país brigam pelos títulos no 54º Brasileiro de Kart. Uma competição que foi ponto de passagem de praticamente todos os representantes verde e amarelos que brilhariam mais tarde no automobilismo internacional.

E como é tradicional na história da competição, os pilotos mineiros ganham a pista em busca dos primeiros lugares. Missão nada simples não só pelo alto nível dos concorrentes, mas pela própria fórmula de disputa.

Depois da qualificação, são duas baterias classificatórias por categoria, definindo o grid da pré-final que, por sua vez, determina as posições de largada da grande final. Uma corrida que não perdoa erros e muitas vezes acaba com favoritos prejudicados por acidentes alheios.

Na primeira fase, que se encerra sábado, serão nove categorias, cinco deles com representantes mineiros. Na Cadete, para a meninada de 8 a 11 anos, o primeiro desafio para o campeão estadual Lucas Moura será se garantir entre os 36 que disputam a final (são 40 os inscritos). Luca Neuenschwander faz seu primeiro Brasileiro na Júnior Menor, com 32 inscritos.

MOURA

Lucas Moura é o representante do estado na Cadete

Já Lucas Staico inicia a disputa na Júnior na condição de um dos favoritos, e com justificativa. Ele vem do vice-campeonato sul-americano e é um dos representantes brasileiros na série FIA Academy, que reúne pilotos classificados em competições nacionais pelo mundo com equipamento igual, de modo a aumentar a competitividade. Pedro Sousa também alinha na categoria disposto a brigar por um lugar no pódio que, no campeonato, recebe os cinco primeiros.

Cada vez mais populares, as categorias para karts com motores quatro tempos estacionários de 400cc apresentam várias subdivisões de acordo com experiência e faixa etária.

Neste primeiro fim de semana, Antônio de Pádua, Gustavo Menezes e Lucas Seixas disputam a F-4 Sênior.

Na classe Codasur, que usa o regulamento internacional e motores IAME, as federações estaduais puderam indicar os melhores de seus campeonatos, que competirão de forma subsidiada pelo título, com direito à participação no Mundial com todas as despesas pagas.

Gabriel Paturle, João Matos e Lucas Nogueira são os mineiros no grid – os três terminaram a temporada 2018 com ótimo desempenho na Copa Brasil, disputada em Vespasiano.

As categorias KZ Sênior (karts com câmbio); Super F-4, F-4 Graduado e Mirim não contam com pilotos do estado inscritos.

Na segunda fase, a partir do dia 22, ganham a pista as categorias Graduados, Novatos, Sênior A, Sênior B, Super Sênior, Super Sênior Master, Codasur Júnior, F-4 Super Sênior, F-4 Super Sênior Master e OK Internacional, com sete mineiros em ação – Staico e Matos repetem a dose e voltam à pista.

Leia mais sobre automobilismo e motociclismo no site Racemotor (https://www.racemotor.com.br).