O ministro do Esporte, George Hilton (PRB), pagou R$ 84.996 para alugar dois computadores pessoais, por um ano e meio, enquanto exercia mandato de deputado federal por Minas Gerais. De acordo com a revista Veja, que revela a contratação, os mesmos equipamentos, juntos, custam cerca de R$ 15 mil nas lojas.

A reportagem da revista aponta que a empresa contratada para prestar o serviço ao gabinete do deputado foi a Ideas Movies and Solutions, que é especializada na produção de vídeos e prestou serviços na fracassada campanha de Hilton à prefeitura de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, em 2012.

Ainda de acordo com a revista, a contratação foi justificada como "Manutenção de Escritório de Apoio à Atividade Parlamentar", enquanto a contratação de empresa de comunicação deveria ser apresentada como "Divulgação da Atividade Parlamentar".

O gabinete do ministro afirmou à revista que os pagamentos são referentes ao aluguel de dois computadores e de seus respectivos softwares, alegando que a verba de gabinete não pode ser usada para comprar equipamentos do tipo.