O Cruzeiro segue em fase muito ruim na temporada. A derrota por 1 a 0 para o Brasil-RS, nessa quarta-feira (2), no estádio Bento Freitas, em Pelotas, pela sétima rodada da Série B, marcou a quinta partida consecutiva da Raposa sem vitória, sendo quatro pelo Brasileiro e uma pela Copa do Brasil.

De quebra, o time celeste caiu para a 16ª colocação na tabela, com quatro pontos. A equipe estrelada  só não entrou na zona de rebaixamento porque leva vantagem sobre o Guarani-SP, que abre o Z-4, no número de vitórias (3 a 1).

Uma das principais referências do elenco comandado pelo técnico Enderson Moreira, o atacante Marcelo Moreno afirmou que o time até chegou a desempenhar um bom papel na primeiro tempo, mas caiu de rendimento durante o duelo.

"Com certeza a gente tem que melhorar bastante. São situações que acontecem quando estamos formando um time. Na minha opinião, a gente fez um excelente primeiro tempo. Infelizmente não conseguimos fazer o gol. A gente teve uma chegada comigo, outra com o Arthur Caíke, e não conseguimos fazer. No segundo tempo demos uma caída. Quando demos essa caída o time deles conseguiu aproveitar esse momento e conseguiu encaixar o gol", afirmou o jogador, em entrevista à TV Globo, após a partida.

Momento ruim

Ciente da situação delicada na Série B, o atacante boliviano admitiu a responsabilidade dos jogadores no momento ruim da equipe.

"Acredito que é um momento de união, um momento de pedir para a torcida estar com a gente, nos apoiar. Sabemos que temos muita responsabilidade por tudo que está acontecendo no Cruzeiro dentro de campo e vamos tentar solucionar esse problemas. Com certeza estão todos chateados, mas vamos tentar reverter tudo isso".

A Raposa vai buscar a reabilitação no campeonato diante do CRB, na próxima segunda (7), às 20h, no Mineirão, em duelo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.