Na briga direta pela quinta posição no Campeonato Brasileiro da Série B, o Náutico levou a melhor sobre o Bragantino ao vencer por 2 a 0, neste sábado (28) à tarde, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 38.ª e última rodada da competição. O time pernambucano terminou em quinto lugar, com 63 pontos, três a mais do que a equipe paulista, que somou 60 pontos, em sexto lugar, com a mesma pontuação do Paysandu, mas melhor no número de vitórias (19 a 17).

Até a última rodada os dois times ainda brigavam pelo acesso. Sem chances, pelo menos, lutaram por melhores posições. Eles melhoraram em relação ao ano passado, quando o Bragantino lutou contra o descenso, fez 43 pontos e terminou em 16.º lugar. O Náutico tinha sido o 13.º, com 50 pontos.

O visitante começou o jogo marcando muito no setor de meio-campo, dificultando as ações do Bragantino. Aos 10 minutos abriu o placar. Do lado direito, bem na intermediária, Guilherme Biteco cobrou falta pelo alto. O atacante Daniel Morais apareceu entre os zagueiros para cabecear bem no ângulo esquerdo do goleiro Rafael.

Depois do gol, o visitante recuou. O Bragantino não encontrou o caminho para superar as duas linhas de quatro armadas pelo time pernambucano. Tanto que a única chance real saiu somente aos 42 minutos, quando Thiago Santos recebeu de costas de Alan Mineiro e fez o giro rápido. O goleiro Rodolpho, bem colocado, fez a defesa.

O segundo tempo começou com uma garoa, que aliviou o forte calor, de 30ºC, registrado antes do jogo. O Náutico voltou com Fillipe Soutto na vaga de Niel, já amarelado. O Bragantino tentou nos primeiros minutos uma troca no ataque: saiu Rodolfo para a entrada de Jobinho.

Apesar da disposição, apenas nos últimos minutos é que o Bragantino pôs pressão e tentou o empate. Alan Mineiro teve uma boa chance, mas o goleiro Rodolpho defendeu em dois tempos. Nos acréscimos, em contragolpe, o Náutico ampliou com Guilherme Biteco, aos 48 minutos.

FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 0 X 2 NÁUTICO

BRAGANTINO - Rafael; Alemão (Rodrigo Maranhão), Gilberto (Bonfim), Éder Lima e Moisés; Renan, Roberto Formigoni e Alan Mineiro; Erick, Thiago Santos e Rodolfo (Jobinho). Técnico: Wagner Lopes.

NÁUTICO - Rodolpho; Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston Filgueira; Niel (Fillipe Soutto), Marino, Guilherme Biteco e Bergson; Hiltinho (Bruno Alves) e Daniel Morais (Douglas). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

GOLS - Daniel Morais, aos 10 minutos do primeiro tempo, e Guilherme Biteco, aos 48 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ).
CARTÕES AMARELOS - Gilberto (Bragantino); Niel, Fillipe Soutto, Fabiano Eller e Marino (Náutico).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).