O Cruzeiro ganhou uma peça nova para tentar sair do caos na Série B do Campeonato Brasileiro. Após a derrota por 1 a 0 para o Avaí, em pleno Mineirão, e estacionar nos oito pontos, a Raposa terá um velho conhecido à disposição.

Dispensado do Coritiba por ter participado de uma festa no dia em que o Coxa foi derrotado pelo rival Athlético, o atacante Sassá retornou à Toca II e, com o contrato ativado novamente, vira opção para o técnico Ney Franco já para o próximo duelo. 

Na próxima quarta-feira (30), o time celeste recebe a Ponte Preta, novamente no Gigante da Pampulha. Na 16ª colocação e vivendo momento de enorme pressão, os mineiros encaram a equipe que figura na 4ª posição, com 18 pontos. O jogo será às 19h15.

Presente no rebaixamento do Cruzeiro em 2019, Sassá tem mais uma chance de cair nos braços da torcida. Porém, a vida extracampo e as oscilações dentro das quatro linhas colocam em xeque sua capacidade para tal. Ele está longe de ser unanimidade por aqui; pelo contrário.