Nada mudou: em seu segundo jogo seguido no Horto, Cruzeiro volta a empatar e segue próximo do Z-4

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
14/08/2021 às 18:23.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:41
 (Bruno Haddad/Cruzeiro)

(Bruno Haddad/Cruzeiro)

Bruno Haddad/Cruzeiro

Nessa sexta-feira (13), o atacante Wellington Nem deixava claro o “absurdo” que era o fato do Cruzeiro ter apenas uma vitória em casa na Série B do Campeonato Brasileiro. Mas a incompetência do setor ofensivo celeste explica o porquê desse péssimo desempenho do time como mandante, reiterado nos dois confrontos seguidos no Independência.

Após o empate em 2 a 2 com o Vitória, a Raposa voltou a deixar o gramado do Horto com outra igualdade no placar, desta vez por 1 a 1 com o Sampaio Corrêa, neste sábado (14), pela 18ª rodada da competição, e o tal sonho de retornar ao acesso, tão enfatizado por jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo, fica cada vez mais longe de se tornar realidade.

E olha que o Cruzeiro não jogou mal diante do Bolívia Querida. Pelo contrário: depois de sair atrás no marcador, em gol anotado por Watson aos 40 minutos do primeiro tempo, a equipe mineira batalhou, mostrou raça, balançou as redes com Marcelo Moreno, aos 24 da segunda etapa, e criou tantas outras oportunidades para virar a partida. Porém, esbarrou em velhos problemas. Após o apito final do árbitro, ainda teve confusão no campo.

Situação

Com apenas 18 pontos, em 18 rodadas disputadas, a Raposa caiu do 15° para o 16° lugar na classificação.

Na terça-feira (17), às 19h, no estádio dos Aflitos, a equipe estrelada enfrenta o Náutico, no encerramento do turno. Na melhor das hipóteses, se vencer o Timbu, o Cruzeiro chegaria a 21 pontos ao fim da primeira metade do campeonato. Muito pouco para um time que, na visão de Sóbis, é “muito melhor que o do ano passado”. Na prática, a impressão que se tem é que está pior.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1
Fábio; Norberto, Ramon, Eduardo Brock e Jean Victor (Matheus Pereira); Adriano, Rômulo (Thiago) e Giovanni e Felipe Augusto (Claudinho), Wellington Nem (Dudu) e Rafael Sóbis (Marcelo Moreno)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SAMPAIO CORRÊA 1
Mota; Watson (Luis Gustavo), Joécio, Nilson Júnior e Zé Mario; Betinho (Mauro Silva), Marcio Araújo e Eloir (Pimentinha); Nadson, Jean Silva e Ciel (Jackson)
Técnico: Felipe Surian

DATA: 14 de agosto de 2021 (sábado)
LOCAL: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores, todos do Rio Grande do Norte
CARTÕES AMARELOS: Marcelo Moreno, Giovanni (Cruzeiro); Rômulo, Jean Victor (Cruzeiro)
GOLS: Watson aos 40 minutos do primeiro tempo; Marcelo Moreno aos 24 do segundo tempo

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por