Atleta do Minas Tênis Clube e uma das jovens promessas do esporte brasileiro, Guilherme Costa disputou na noite desta quarta-feira (28) – manhã de quinta no Japão – a final dos 800m livre. E se despediu da prova com a oitava colocação.

O ouro ficou com o norte-americano Finke. O pódio foi completado pelo italiano Paltrinieri, em segundo lugar, e o ucraniano Romanchuk, considerado o favorito, em terceiro.

Apelidado de “Cachorrão”, Guilherme havia avançado à final com o quinto melhor tempo, 7m46s09, recorde sul-americano da prova.

Natação