O Atlético não será o mesmo no jogo de volta contra o Boa, pelas semifinais do Campeonato Mineiro, no próximo domingo. Com dois desfalques no meio-campo, o técnico Levir Culpi poderá usar jogadores que pouco atuaram na temporada.

Na primeira partida, Jair levou o terceiro cartão amarelo e Zé Welison foi expulso. O setor ainda tem Elias e Adilson, mas o único garantido em campo é Elias, que substituiu Jair no jogo de sábado.

Adilson sequer foi relacionado contra o Boa, devido a dores no joelho. Tem uma semana para se recuperar e reconquistar a posição. Se não puder jogar, Culpi não possui muitas opções: um deles é Nathan, meia que vinha sendo improvisado na posição no expressinho do Galo.

Nathan vem crescendo de produção e, na vitória por 2 a 1 sobre o Tupynambás, pela última rodada do Mineiro, ele foi autor de um dos gols. No mês de março, ele também entrou também nos jogos contra Patrocinense e Cerro Porteño, pela Copa Libertadores.

Como o Galo jogo pelo empate, por ter se classificado em primeiro lugar na fase inicial do campeonato regional, é bem possível que Culpi adota um jogador mais defensivo e da posição, como Lucas Cândido.

O volante, campeão da Liberadores em 2013 e que vem de uma série de duas contusões graves, não atuou tanto quanto os demais volatnes. Após a expulsão de Zé Welison, no sábado, ele entrou no lugar de Ricardo Oliveira para recompor a defesa.

Antes, Lucas Cândido havia sido titular contra Patrocinense, Tupi e Caldense. Contra o Guarani, entrou no lugar de Adilson.

Lembrando que, antes de pegar o Boa e decidir vaga na final, o Atlético enfrenta o Zamora, quarta-feira, no Mineirão, pela Libertadores. Para este jogo, o time deverá a mesma dupla que começou a partida contra o Boa.