O goleiro Guilherme, com passagem pelo Atlético Paranaense, foi incluído na lista de convocados da seleção da Rússia nesta sexta-feira (11). Naturalizado no ano passado, o jogador brasileiro faz parte de uma leva de atletas que o futebol russo vem incorporando, de olho na Copa do Mundo que sediará em 2018.

Guilherme joga na Rússia desde 2007, defendendo a camisa do Lokomotiv Moscou. O jogador de 29 anos, que jogou pelo Atlético-PR entre 2003 e 2007, é cotado para ser o goleiro número dois da seleção russa comandada pelo técnico Leonid Slutsky. O titular é Igor Akinfeev, do CSKA Moscou, que também é comandado por Slutsky.

O brasileiro naturalizado russo em novembro de 2015 foi convocado nesta sexta para os amistosos contra Lituânia e França, nos dias 26 e 29 de março, em Moscou e Paris, respectivamente. As partidas fazem parte da preparação da Rússia para a Eurocopa, que será disputada entre junho e julho.

A convocação de Guilherme faz parte de um forte movimento de estímulo da Rússia à naturalização de estrangeiros. O objetivo é reforçar o elenco russo, visando a Copa do Mundo.

Um dos alvos da seleção é o zagueiro brasileiro Mário Fernandes. O ex-jogador do Grêmio até protagonizou polêmica ao recusar convocação da seleção brasileira sob o comando de Mano Menezes. Mas defendeu a camisa do Brasil em amistoso em 2014. Outro possível reforço é o meia Roman Neustaedter, de nacionalidade alemã e ucraniana. Ele defende atualmente o Schalke.