O zagueiro Marllon não é carta fora do baralho nos planos do Cruzeiro. O jogador, atualmente no Corinthians, de acordo com o empresário Giuliano Aranda, estuda sim a possibilidade de se transferir para a Raposa.

“É um negócio como qualquer outro no futebol. Existe sim o interesse do Cruzeiro, bem como de outras equipes, mas não existe essa de que o jogador não gostaria de jogar aí (no Cruzeiro). Mas não depende só do jogador, tem outras partes envolvidas”, disse o agente do atleta em contato com o Hoje em Dia.

O Cruzeiro já havia demonstrado interesse na contratação de Marllon na semana passada. E o próprio diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro, admitiu recentemente conversas com o clube estrelado.

“Sobre Marllon, tem procura, existe conversa, interesse. Nada definido. Existe a possibilidade”, disse na zona mista da Arena Corinthians na última semana.

O técnico Adilson Batista quer um jogador mais experiente para a defesa e o nome de Marllon, que tem 27 anos, interessa. O interesse da Raposa no jogador foi antecipado pelo jornalista Jorge Nicola.

A intenção do Cruzeiro é, segundo informações de bastidores, conseguir o empréstimo de Marllon pagando parte dos salários. O Corinthians seria responsável por uma parcela dos recebimentos do defensor. Esse detalhe salarial é o “divisor de águas” que pode definir a negociação.

Atualmente, Adilson Batista conta com cinco zagueiros e apenas um de mais vasta experiência, Léo, de 32 anos, titular ao lado do garoto Cacá, de apenas 20 anos. Os outros jogadores da posição são: Edu (19 anos), Arthur (20) e Paulo (18).

Marllon não foi utilizado ainda nesta temporada pelo técnico Tiago Nunes, que também não tem planos de aproveitar o defensor em 2020. Daí a tentativa celeste de trazê-lo à Toca II por empréstimo.