sassá, welinton, cruzeiro

O técnico Ney Franco trabalha na Toca II e vai conhecendo melhor o grupo do Cruzeiro em sua primeira semana completa de treinos antes da partida contra o CSA, marcada para o próximo sábado, às 21h, no estádio Rei Pelé. E enxergando as carências do grupo, o treinador resolveu pedir a reintegração do atacante Welinton, afastado por opção técnica pelo departamento de futebol do clube.

O pedido para que Welinton retome os treinamentos com o grupo principal foi confirmado por Ney Franco em entrevista à Rádio Itatiaia nesta terça-feira (15).

“Dos jogadores afastados, me inteirei há pouco tempo. O Welinton, atacante, será reintegrado. Acertei com o Drubscky, peguei informação. Então, esse atleta será reintegrado. É mais um atacante”, garantiu o treinador.

Welinton saiu dos planos ainda quando Enderson Moreira era o treinador. O presidente Sérgio Santos Rodrigues chegou a dizer em uma transmissão ao vivo, no canal do Cruzeiro no Youtube, que o jogador seria emprestado para depois ter nova oportunidade.

Torrão, como também é conhecido o atacante, havia sido afastado junto de outros atletas, como os laterais-esquerdo Giovanni e João Lucas, e o atacante Judivan.

Sassá

Ney Franco também comentou sobre o atacante Sassá, em conflito com o Coritiba, e que pode ser demitido por justa causa por ter participado de uma “resenha” após a derrota do Coxa para o Athletico-PR, na Série A do Campeonato Brasileiro.

O treinador da Raposa confirmou que Sassá está fora dos planos, mas admitiu que pensou em aproveitá-lo no elenco, caso o atacante realmente deixe o time paranaense.

“Isso está decidido. Foi decisão em conjunto. Num primeiro momento, quando ventilou a possibilidade, eu como treinador, pelo Cruzeiro estar não estar podendo realizar contratação (por causa da punição da Fifa), eu internamente cheguei a trocar possibilidade dele vir. Mas o jogador, pelo histórico recente do clube, não seria interessante. Já está definido que não será integrado. Logicamente, o Cruzeiro deve emprestá-lo para outro clube, para que ele siga normalmente”, explicou.