Em seu primeiro trabalho mais aprofundado com o elenco, visando o jogo deste domingo (15) contra o Palmeiras, o técnico Ney Franco promoveu algumas alterações na equipe durante o coletivo promovido nesta quinta-feira (12), no CT da Barra Funda. Ele basicamente repetiu a escalação que o antecessor Emerson Leão vinha utilizando, com exceção de Rafael Tolói, escalado ao lado de Rhodolfo na zaga.

Dessa forma, Casemiro e Cícero ganharam novamente os lugares de Rodrigo Caio e Maicon, e o São Paulo teve: Dênis, Douglas, Rafael Tolói, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro, Cícero e Jadson; Osvaldo e Luis Fabiano. No decorrer da atividade, Maicon e o garoto João Felipe entraram.

Ney Franco observou e fez algumas paralisações pontuais para passar instruções. A alteração tática mais significativa foi o recuo de Denilson para atuar como terceiro zagueiro em alguns momentos. O técnico fechou a maior parte do treino, no qual realizou uma série de trabalhos específicos com o grupo, para a imprensa.

"Já deu para sentir bastante diferença. Fizemos algumas atividades diferentes já nessa semana e o elenco recebeu muito bem, todos têm elogiado o trabalho", elogiou o meia Jadson. A equipe trabalha ainda nesta sexta e sábado antes da partida contra o Palmeiras. Ney Franco ainda deve fazer mais alguns testes antes de confirmar a escalação.