O técnico Ney Franco revelou que o Cruzeiro está perto de anunciar mais um reforço para a sequencia do Campeonato Brasileiro da Série B.

Após a vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, nessa quarta-feira (30), no Mineirão, pela 13ª rodada da competição, o comandante da Raposa explicou como o clube vem conduzindo a inscrição de jogadores no torneio, e acabou indicando a chegada de mais uma peça para compor o elenco estrelado.

" Nós temos um número de jogadores inscritos no Campeonato Brasileiro e podemos inscrever 40 atletas. Nós já temos 40 atletas inscritos, inclusive o Caio (Rosa) foi o último a preencher essa vaga. Agora para fazermos alguma inscrição de atleta, nós temos direito a oito substituições e a gente tem que usar essas alterações com muito critério. Nós temos hoje três jogadores contratados para serem inscritos, para utilizarem essa vaga. Eu estou no aguardo da resolução da Fifa para que possamos inscrever esses três jogadores que são o Giovanni, o Matheus (Índio) e outro atleta que está chegando, que vai ser anunciado a qualquer momento para vocês (jornalistas)", afirmou o treinador da Raposa em entrevista coletiva no Mineirão.

Recentemente o Cruzeiro acertou as contratações dos meias-atacantes Giovanni e Matheus Índio, que assim como o atacante colombiano Ângulo - emprestado pelo Palmeiras -, aguardam a liberação da Fifa para que a Raposa possa voltar a inscrever novos jogadores.

A entidade máxima do futebol puniu o Cruzeiro em razão de uma dívida com o Zorya, da Ucrânia, pela compra do atacante Willian Bigode, em 2013.

O presidente Sérgio Santos Rodrigues afirmou que o clube trabalha para provar que havia chegado em acordo com os ucranianos antes do prazo final para a quitação do débito, o que faria com que o impasse fosse resolvido.

Jovens valores

O mau momento do Cruzeiro na Série B tem feito com que muitos torcedores do Cruzeiro cobrem da comissão técnica uma maior utilização de jogadores das categorias de base, pensando também em um retorno financeiro, essencial para atenuar a grave econômica que o clube atravessa.

Sobre o aproveitamento desses jovens valores no time de cima, o comandante celeste voltou a citar o limite de inscrição na Série B, mas afirmou que está atento ao desempenho desses atletas.  

"Tivemos o retorno do Zé Eduardo, que já preencheu uma outra vaga, o Caio (Rosa), que quando eu cheguei aqui estava treinando nas categorias de base e eu peguei informações sobre ele. Ele (Caio Rosa) não estava inscrito no Brasileiro, como o Popó e o Gui Mendes não estão inscritos no Brasileiro. Hoje nós temos 40 vagas preenchidas e para a gente inscrever um outro jogador temos, por direito, a troca de oito atletas. Isso é matemático, temos que saber como utilizar essa inscrição, mas o certo é que o Popó não é um jogador inscrito no Brasileiro, mas nós vamos acompanhar os jogos do Brasileiro sub-20".