Mais do que nunca chegou a hora de o América fazer valer o mando de campo se quiser mesmo garantir o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro no ano que vem. Sexta-feira, às 21h, o Coelho recebe o Oeste, no Independência, pela 32ª rodada da Série B.

Se a derrota por 4 a 2 para o ABC, sábado, no Frasqueirão, deixou os torcedores chateados, a campanha do time mineiro no Horto é um motivo a mais para o torcedor apoiar a equipe, que ocupa a terceira colocação, com 51 pontos. O América é um dos melhores mandantes desta edição da competição, com 76% de aproveitamento. A última derrota em casa foi na 23ª rodada, para o Bragantino, há um mês e meio.

Para tentar lotar o Independência, a diretoria resolveu apostar novamente em promoção de ingressos. A venda antecipada começa nesta quarta (21), às 10h. Quem comprar até o dia do jogo, às 15h, paga R$ 20 e ganha mais dois ingressos para crianças ou mulheres.

Nas contas da diretoria, o América precisa de 12 pontos para garantir matematicamente a vaga da Série A. Dos sete jogos que restam para o término da disputa, quatro são em casa, onde o Coelho perdeu apenas três vezes e empatou uma. Só Botafogo, Luverdense e Bragantino bateram o América em BH. Coincidentemente, as três partidas foram disputadas em sequência e os três placares foram os mesmos: 2 a 1. Na abertura da Série B, América e Bahia empataram em 1 a 1, no Independência.

Hora de secar o Bahia

Enquanto o técnico Givanildo Oliveira prepara o time para tentar ampliar as chances de acesso, os americanos torcem esta noite por um tropeço do Bahia, contra o Criciúma, às 21h, na Fonte Nova. Mineiros e baianos estão empatados com o mesmo número de pontos, mas o América leva vantagem nos critérios de desempate.

Par ao duelo contra o Oeste, o treinador não poderá contar com o volante Leandro Guerreiro, com o terceiro amarelo. Por outro lado, Givanildo tem os retornos do zagueiro Anderson Conceição e do volante Rodrigo Souza, que cumpriram suspensão.

Recuperado de lesão, o lateral-direito Robertinho é outro que pode reforçar a equipe americana. “Estou me sentindo muito bem. Como temos toda a semana para treinar, estarei com melhor ritmo até o dia jogo e pronto para ajudar o time neste momento de decisão da briga pelo acesso”, garantiu o lateral.

Autor de um dos gols contra o ABC, o meia Mancini comanda a equipe mais uma vez.