A vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o Flamengo, quinta-feira, (14), no Maracanã, foi acompanhada de perto pelo técnico Tite, que esteve presente ao estádio. O treinador explicou que mais do que observar jogadores para futuras convocações da seleção brasileira, esteve no estádio para prestar solidariedade após a morte de dez jovens atletas do Flamengo em incêndio no Ninho do Urubu. E apontou que a postura cuidadosa com as divisões de base deve ser uma prioridade.

"Eu também fui um garoto que tive sonhos como eles e teve na base a possibilidade de crescimento para o profissional. A base nos fornece estrutura e possibilidade de crescimento. Mesmo os que não virarem jogadores, o futebol educa. É um meio para ser profissional em outras áreas. Os cuidados são prioritários", afirmou o treinador.

Além de exibir preocupação para que novas tragédias não ocorram, Tite também se encontrou com Cauan Emanuel, de 14 anos, um dos jovens atletas da base do Flamengo que ficou ferido no incêndio. "A hora é de dar toda a solidariedade às famílias. Hora de dar força para quem permanece", disse Tite.

O treinador da seleção brasileira também fez elogios a Abel Braga e Fernando Diniz, comandantes de Flamengo e Fluminense, respectivamente. "Um técnico campeão mundial e um que encoraja os seus atletas. Grande jogo, com um aspecto emocional importante", comentou.

Fazendo observações para os próximos compromissos da seleção brasileira, Tite está previsto para acompanhar o clássico entre Corinthians e São Paulo, domingo, em Itaquera, pelo Campeonato Paulista. Ele estará com o coordenador Edu Gaspar.

Leia mais:
Comissão de Tite vai à Europa ver jogos de Vinicius Junior e Felipe Anderson
Goleiro convocado para seleção é 1ª vítima identificada em incêndio no CT do Flamengo
Interação da seleção sub-20 com a principal se dá por telefone