Este conteúdo é de responsabilidade da equipe de divulgação Total Kart.

O fim de semana foi movimentado: em Mônaco, Lewis Hamilton se impôs sobre Max Verstapen e levou a vitória na 6ª etapa do Mundial de F1. No outro lado do Atlântico, Simon Pagenauld segurou o ímpeto de Alexander Rossi nas voltas finais e levou a melhor nas 500 Milhas de Indianápolis. Aqui, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a 2ª etapa do Campeonato Total Kart/Hoje em Dia esquentou a pista do Kartódromo RBC Racing.

Na Categoria Hoje em Dia, largando do meio do grid, Alexandre Araújo assumiu a ponta ainda nas primeiras voltas para receber a quadriculada em P1, sem grandes sustos. E se 13,2 segundos separaram Araújo de Adriano Juliani (em P2), apenas 3,8 segundos separaram Juliani e o P10. Qualquer deslize custaria bons pontos na tabela... Leandro Goecking cruzou a linha de chegada em P3, Carlo Tenaglia em P4 e Cláudio Junqueira em P5. 

"Foi uma corrida sem grandes dificuldades. Assumi a ponta logo nas primeiras voltas, 5ª volta, acredito. A partir de então eu imaginei que o pessoal ia formar um 'trenzinho' para tentar se aproximar no final da prova. Além da minha experiência, eu tive a sorte de pegar um bom kart. Notei, logo de cara que o kart estava bem justo, fazendo curvas muito bem, com pneus bem novos. Tudo isso fez com que os adversários não me alcançassem", disse o vencedor.

Geralmente não é muito educado citar a idade das pessoas, contudo, peço licença ao vencedor da Categoria Cirúrgica Shopping: na casa dos 60 anos, Wilson Cristofani (64 anos) demonstrou que o esporte (incluindo o kartismo) não tem qualquer barreira por idade. Aliás, temos outros exemplos no Total Kart / Hoje em Dia, que serão oportunamente citados. 

Voltando à etapa, Cristofani recebeu a bandeirada final na posição de honra, desbancando os meninões que lá estavam. Ricardo Silva (P2) e Anderson Aguiar (P3) bem que tentaram, mas tiveram que se contentar em assistir de camarote a vitória do Sr. Wilson. Luc Nader (58 anos, olha outro exemplo aí!) terminou a prova em P4 e Welerson Oliveira em P5.

"Consegui ter a sorte de pegar um kart muito bom, com o qual não foi difícil chegar em 1º lugar logo após umas seis voltas. Depois foi tranquilo até por volta da 15ª volta, quando dois pilotos chegaram a me ultrapassar. Aí chegou a hora da experiência! Consegui me livrar dos dois que, após minha ultrapassagem por volta da 20ª volta, resolveram disputar posição entre si, me deixando tranquilo para fechar a corrida em 1º lugar. Considero que foi uma vitória muito boa!", cravou Cristofani.

Esse foi mais um fim de semana cheio de velocidade. Esperamos a presença de todos no dia 29 de junho, quando será disputada a tradicional Corrida do Milhão. Sempre um evento imperdível!

Apoio: Jornal Hoje em Dia, Cirúrgica Shopping, Namastê Estamparia, CDS Cadeiras de Rodas, Hidrolight e Penteadeira Salon.