Entre decepções e surpresas o Brasil segue sua participação nos jogos Olímpicos Rio-2016. Até o momento, são 11 medalhas ( 3 de ouro, 4 de prata e 4 de bronze) para a equipe verde e amarela. A última delas conquistada pelo boxeador  Robson Conceição, que subiu no lutar mais alto do pódio na categoria Ligeiro (60kg).

A conquista do brasileiro inflamou à todos presentes no Riocentro, inclusive Carlos Arthur Nuzman, presidente do Cômite Olímpico Brasileiro e do Cômite Organizador Olímpíco e Paralímpico Rio 2016. O presidente COB fez questão de enaltercer a conquista de Robson.

"Impressionante a força mental, física e técnica do Róbson. Achei espetacular (a luta), hoje estava um ambiente incrível, o ginásio completamente lotado. Poucas vezes eu vi, pelo menos no boxe, um atleta atacar desde o início como ele, e isso dá uma tremenda demonstração da sua força", completa, Nuzman. 

Participação do Brasil na Olimpíada 

Em relação à participação do Brasil na Olimpíada, até o momento, o presidene do Cômite Organizador mostrou satisfação e fez questão de destacar metas cumpridas, que vão além da conquista de medalhas.

"Estamos bem. Tinhamos esportes que antes não tinham nenhuma participação em questão de resultados, e acabaram ficando entre os oito primeiros. Acho que esse era um dos objetivos - uma universalidade maior dos esportes, diversificando pelos jovens brasileiros", destaca o mandatário.