A Europa vibra com o futebol e qualquer adepto o admite. Ainda assim, a verdade é que este esporte é muito mais do que uma estrutura de lazer, tratando-se de um setor milionário e com grande impacto econômico. Saiba mais sobre o futebol europeu enquanto mercado.

Na sua origem, o futebol terá sido meramente um passatempo ou uma estrutura lúdica, que visava a diversão e o entretenimento. Ainda assim, com o avanço dos tempos e o estabelecimento de novas lógicas de consumo, a economia tratou de levar o mundo do futebol para um outro patamar, transformando-o num setor de atividade muito rentável.

Hoje em dia, como podemos verificar apenas com uma observação simples das plataformas mediáticas, muitos dos resultados futebolísticos dependem de acordos feitos em bastidores, sendo que as transferências de jogadores e as novas contratações são algumas das que mais impacto têm na forma como funcionam os times.

Evidentemente, aliado a esta área de negócios, onde se contratam e transferem atletas, existe um mercado milionário, com transações financeiras que a maioria das pessoas mal consegue imaginar.

Embora as primeiras ligas europeias sejam, globalmente, bastante impactantes na economia dos seus países, algumas delas têm mostrado um maior poder de compra e têm feito ofertas verdadeiramente incríveis quando investem no seu plantel.

Veremos, hoje, a forma como o futebol, como mercado, move estes montantes avultados, contribuindo para a economia europeia e internacional.

Os números do futebol na Europa

Quando se fala nos números do futebol europeu, sabe-se, de imediato, que falamos de valores milionários. Bastaria que se lançasse o olhar sobre os valores relativos às transferências futebolísticas entre os anos 2008 e 2018 para compreender como uma simples década de futebol fez a diferença, a nível econômico, no panorama financeiro nacional e internacional.
 


A análise anual das finanças do futebol, que anualmente revela os números relativos às finanças deste mercado, tem apresentado resultados demonstrativos da forma como o futebol continua a superar o seu próprio recorde e a atingir valores incríveis.

Estima-se que, apenas na temporada de 2017/18, o futebol europeu tenha transacionado mais de 28 mil milhões de euros, sendo que as maiores responsáveis por este número foram principalmente cinco ligas europeias de futebol.

Vale a pena salientar que nem só as aquisições de jogadores ou as suas transferências contam para este valor, havendo também uma soma considerável aplicada a direitos de transmissão de jogos, patrocínios e momentos comerciais.

As cinco ligas com maior impacto financeiro na Europa

Como será evidente, nem todas as ligas da Europa contribuem de igual forma para o referido impacto econômico do futebol.

De fato, como já referimos, são principalmente 5 as ligas responsáveis pelas maiores transições econômicas no continente europeu: a liga inglesa, a  alemã, a espanhola, a italiana e a francesa; sendo estas as ligas que mais apostam no seu futebol, com destaque, evidentemente, para a primeira liga de cada país.

Assim, quando se fala no impacto do mercado futebolístico, estas são as 5 principais ligas a se ter em consideração.