O título do turno tem significados diferentes para os quatro clubes que têm chances de terminar a primeira metade da Série A do Campeonato Brasileiro ocupando a ponta da classificação.

Não existe, oficialmente, um campeão do turno da principal competição de clubes do país, mas a história mostra que terminar a 19ª rodada na frente é um passo importante para a taça.

Atlético Fluminense Brasileiro 2012Em 2012, o Atlético terminou o turno do Brasileirão na primeira colocação, mas perdeu fôlego no returno e ficou com o vice-campeonato, com o Fluminense levantando a taça

Em dez das 14 edições do Brasileirão por pontos corridos, com 20 clubes, quem terminou a primeira metade da competição na frente levantou a taça.

Atual líder, o Internacional já venceu o turno, mas não levou. Isso foi em 2009, quando ele perdeu o título numa disputa acirrada justamente com o Flamengo, que atualmente é segundo colocado, com a mesma pontuação do Colorado, que leva vantagem no saldo de gols (15 a 11).

Assim como já venceu o Brasileirão por pontos corridos, com 20 clubes, sem terminar o turno na frente, o Flamengo, atual campeão, viveu o outro lado da moeda no ano passado.

Em 2019, o rubro-negro carioca assumiu a liderança da Série A na 16ª rodada e não saiu mais da ponta da tabela de classificação.

Galo

Assim como o Internacional, o Atlético também já foi o melhor clube na primeira metade da Série A, a partir de 2006, mas não foi campeão. Isso aconteceu em 2012, quando foi vice-campeão, com o Fluminense fazendo a festa.

O São Paulo abriu a lista de quem venceu o turno e levantou a taça, a partir de 2006. O Tricolor foi tricampeão brasileiro em sequência, a maior série dos pontos corridos, até 2008, sendo que apenas neste último ano não terminou a primeira metade do Brasileirão como primeiro colocado.