A primeira Olimpíada de 2016 começa oficialmente nesta sexta-feira (12), mas muito longe do Rio. A cada quatro anos, o Comitê Olímpico Internacional (COI) organiza quatro edições dos Jogos, sendo duas de verão e duas de inverno, duas "adultas" e duas da juventude. A competição que tem início neste fim de semana é a Olimpíada de Inverno da Juventude, que vai contar com a participação de 10 brasileiros em Lillehammer, na Noruega.

Será a segunda edição dos Jogos, que foram realizados pela primeira vez em Innsbruck, na Áustria, em 2012. Naquela oportunidade, o Brasil foi representado por dois atletas, ambos de esqui alpino: Tobias Macedo e Eliza Nobre.

Agora serão 10 brasileiros em Lillehammer. Os primeiros a competir serão Elian Rocha, Giovanna Barros, Raissa Rodrigues e Victor Santos, que formam a equipe mista de curling, a primeira representação brasileira a participar desta modalidade em Jogos de Inverno.

O Brasil tinha vaga garantida no curling, que estreia nos Jogos da Juventude, e a Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) precisou procurar atletas para formar uma equipe, lançando convites pela internet. Encontrou quatro jovens, todos residentes no Canadá e filhos de brasileiros: eles em Quebec, elas em Vancouver.

Além da equipe de curling, o Brasil também estará representado em Lillehammer em outras quatro modalidades: monobob (descida individual no trenó), com Marley Linhares e Jéssica Victoria; Altair Firmino, no cross country; Michel Macedo, no esqui alpino; Laura Amaro e Robert Neves, no skeleton.

Os Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude começam nesta sexta-feira e vão até o dia 21, com a participação de cerca de 1.100 atletas com idade entre 15 e 18 anos, de mais de 70 países.