cruzeiro, meep, operação fifa

As doações recebidas pelo Cruzeiro somam em três meses menos de R$ 1 milhão por meio da Operação Fifa, ação que o clube criou para angariar fundos no intuito de quitar dívidas com a entidade máxima do futebol.

Na manhã desta segunda foi divulgado no site “operaçãofifa.com.br” o montante geral arrecadado pelas doações dos torcedores. E o valor atingiu R$ 817.389,51, levando-se em conta os produtos criados por departamentos estratégicos da Raposa: Youtube Ads e Superchat, ambos na mesma plataforma; doações pelo Meep, ingressos virtuais e Centavos Celestes.

O clube destrinchou ponto a ponto das doações. Em tese os valores foram arrecadados entre julho e dezembro. Apenas os valores dos Centavos Celestes foram apurados nos dois últimos meses, até mesmo pela data de lançamento da campanha. As maiores quantias foram apuradas na plataforma "Meep Donate", na campanha que originou o nome "Operação Fifa". Mais de R$ 700 mil foram angariados pelas doações dos torcedores. 

Transparência

Dar transparência a esses números era uma exigência do torcedor e, também, promessa da atual diretoria. De acordo com o presidente Sérgio Santos Rodrigues todos os processos passarão por auditoria e se tornarão públicos nos dias 21 de cada mês.

“Nossa gestão é pautada pela transparência e seriedade desde o início. Convidamos o torcedor a nos ajudar nessa missão de estabilizar as contas do Clube e devolver o protagonismo do Cruzeiro. E não é uma virtude mostrar ao cruzeirense tudo o que temos feito, mas sim uma obrigação nossa. Com esse site, o torcedor terá acesso a todas as movimentações relacionadas à Operação Fifa. Vamos seguir implantando iniciativas transparentes para levar segurança e tranquilidade ao cruzeirense”, ressaltou Sérgio Santos Rodrigues

As dívidas do Cruzeiro na Fifa ultrapassam a marca de R$ 100 milhões. O clube já pagou parte deste montante e busca acordos com os credores para finalizar as pendências.

Por todas essas dívidas a Raposa já perdeu seis pontos na Série B do Campeonato Brasileiro e está impedida de registrar novos atletas.

O não pagamento ao Al-Wahda, dos Emirados Árabes, pela contratação do volante Denílson, em 2016, gerou a perda de pontos ao time estrelado. E a dívida com o Zorya, que em 2013 negociou o atacante Willian Bigode com o clube, fez com que a equipe ficasse impossibilidade de registrar novas contratações.

Lista de arrecadações

R$ 718.387,00 (Meep)
R$   48.399,00 (ingresso virtual)
R$   19.897,78 (Youtube Ads)
R$   19.124,83 (Superchat)
R$   11.580,90 (Centavos Celestes)