A Conmebol divulgou, no final da noite dessa segunda-feira (15), o árbitro que vai comandar o jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores entre River Plate e Cruzeiro, marcado para a próxima terça-feira (23), às 19h15, no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires.

O chileno Julio Bascuñán, de 41 anos, vai apitar o duelo. O VAR será dirigido por Piero Maza, também do Chile.

A Conmebol ainda não divulgou quem serão os árbitros assistentes do duelo.

Bascúñán foi o árbitro da partida entre Cruzeiro e Huracán, que terminou com goleada celeste por 4 a 0, no dia 10 de abril, no Mineirão, em partida válida pela quarta rodada do grupo B da competição.

O chileno também teve participação em dois jogos da Seleção Brasileira na disputa da Copa América, encerrada no dia 7 de julho, com o título da equipe comandada pelo técnico Tite.

Julio comandou o empate em 0 a 0 entre Brasil e Venezuela, disputado no dia 18 de junho, no Estádio da Fonte Nova, em Salvador, em duelo válido pela primeira fase do torneio.

Já na decisão contra o Peru, vencida pela Seleção por 3 a 1, no Maracanã, Bascuñán dirigiu o VAR.

Na grande final, o chileno foi o responsável por alertar o árbitro Roberto Tobar sobre uma penalidade a favor dos peruanos, que acabou sendo convertida pelo atacante Paolo Guerrero.

O duelo de volta entre Cruzeiro e River está marcado para o dia 30 julho, às 19h15, no Mineirão. O vencedor do confronto vai enfrentar quem levar a melhor do duelo entre San Lorenzo, da Argentina e Cerro Porteño, do Paraguai.

Arbitragem Copa Libertadores