No dia 1º de novembro de 2020, Cruzeiro e Internacional anunciaram a troca do meia-atacante Maurício pelo atacante William Pottker.

A negociação teve o endosso do então técnico da Raposa, Felipão, entusiasta do futebol de Pottker, e que também desejava receber mais peças experientes para reforçar o elenco.

Na negociação, ao manter 40% dos direitos econômicos de Maurício, a diretoria estrelada também esperava também valorizar o jovem jogador, de apenas 19 anos, e reforçar o caixa em meio à grave crise financeira que o clube atravessa.  

Naquele período, assim como a maior parte do elenco estrelado, o meia-atacante sofria com a irregularidade do time durante a Série B, e vinha tendo atuações discretas.

Agora, exatos 191 dias após a oficialização do acerto, os dois jogadores vivem momentos opostos, com a Raposa sofrendo com a falta de criatividade no meio-campo, e longe da efetividade ideal no ataque.

No Cruzeiro, tanto com Luiz Felipe Scolari quanto com o atual técnico Felipe Conceição, Pottker ainda não conseguiu se firmar entre os titulares.

Nesta temporada, o atacante participou de 11 dos 15 jogos disputados pela equipe celeste, sendo apenas quatro no onze inicial. No período, marcou três gols e deu uma assistência.

No segundo jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, contra o América, no último domingo, mesmo com a Raposa precisando vencer por dois gols de diferença para avançar à decisão, o atacante ficou no banco de reservas durante toda a partida.

Em outra demonstração que atualmente está com pouco prestígio com Conceição, Pottker foi preterido pelo centroavante Bissoli, que havia chegado ao clube estrelado na semana do jogo, e participado de poucas sessões de treinamento antes do confronto com o Alviverde.

Um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro de 2016 pela Ponte Preta, William, de 26 anos, tem visto o comandante estrelado optar pelos jovens Airton e Bruno José, além do experiente Rafael Sóbis para compor o trio ofensivo. 

Maurício

Após um início discreto com a camisa do Internacional, Maurício conseguiu se adaptar e hoje é figura importante no time gaúcho.

Boas atuações nos últimos meses aumentaram o apreço do técnico Miguel Angel Ramírez pelo jogador, que assumiu a titularidade no Colorado.

Nesta temporada, o meia-atacante disputou 10 jogos, sendo oito como titular, marcou um gol e deu três assistências.

Maurício iniciou jogando nos três jogos disputados pelo Inter na Libertadores, no clássico com o Grêmio na fase de classificação do Campeonato Gaúcho, e nos dois jogos da semifinal do Estadual. Ou seja, nos principais jogos disputados pelo Colorado nos últimos meses. 

O negócio

Na negociação, além de receber 50% dos direitos econômicos de William Potkker, que assinou até o final de 2024, a Raposa obteve uma compensação financeira de R$1,2 milhão, além de um abatimento de cerca de R$3,3 milhões de uma dívida com André Cury, empresário de Maurício.

Em contrapartida, o clube estrelado cedeu 20% dos 60% dos direitos econômicos do meia-atacante aos quais tinha direito, e o liberou para acertar com o Colorado por cinco anos.

Os gaúchos também se comprometeram a pagar parte dos salários de William Pottker – atualmente acima do teto de R$150 mil imposto pela diretoria celeste em 2020 – até maio deste ano.