O forte choque de cabeça sofrido pelo meia Oscar no empate do Chelsea diante do Arsenal, no último domingo, não passou de um susto. Depois de ser encaminhado a um hospital nas cercanias do Emirates Stadium, em Londres, ainda no intervalo do jogo, o brasileiro recebeu alta e descansa em sua residência.

Foi o que revelou o técnico José Mourinho nesta segunda-feira. Em entrevista coletiva, o português garantiu que Oscar somente realizou alguns exames de imagem, saiu do hospital ainda na noite de domingo, dormiu em casa e deve se reapresentar ao clube ainda nesta segunda.

A tendência é que o meia inclusive já seja aproveitado no confronto com o Leicester nesta quarta-feira, fora de casa. Uma vitória deixa o Chelsea a três pontos do título inglês. "Oscar deixou o hospital e ficou em casa na noite passada. Ele deveria estar aqui hoje. Todos vão viajar para Leicester", disse Mourinho.

Oscar sofreu um forte choque logo aos 15 minutos do primeiro tempo no empate por 0 a 0 com o Arsenal. Lançado em velocidade, ele tocou por cobertura, e Ospina, que saia para abafar a finalização, acertou uma cabeçada em seu rosto. O brasileiro ainda conseguiu permanecer em campo até o intervalo, quando, então, foi substituído e encaminhado ao hospital.

Imediatamente, a imprensa inglesa noticiou que o meia havia sofrido uma concussão, o que não foi confirmado nem negado por Mourinho. "Não tenho certeza disso. Nós vimos que o rosto dele estava inchando no intervalo, não queríamos correr nenhum risco. Nós tomamos esta decisão."