Atlético e Santos iniciam, nesta quarta-feira (15), às 19h15, no Independência, um dos confrontos mais esperados das oitavas de final da Copa do Brasil. Duas das principais equipes do país, Galo e Peixe trazem um histórico incrivelmente equilibrado no retrospecto de confrontos.

Nas 98 vezes em que entraram em campo, mineiros e paulistas venceram 37 vezes cada um, e empataram em 24 oportunidades.  

Entretanto, essa paridade não se reflete nos confrontos de mata-mata. Nas três vezes em que os dois clubes se enfrentaram em confrontos eliminatórios, o Santos levou a melhor em todos eles.

A primeira vez em que as equipes se enfrentaram em um playoff aconteceu em 1964, pelas quartas de final da Taça Brasil. Na ocasião, o Alvinegro Praiano goleou nos dois jogos – 4 a 1 no Independência e 5 a 1 no Pacaembu, e continuou sua trajetória rumo ao título da competição.

O segundo embate em mata-matas entre os times aconteceu na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1983. Com uma vitória por 2 a 1 no Morumbi e um empate em 0 a 0 no Mineirão, o Peixe avançou à decisão do torneio, em que acabou derrotado para o Flamengo.

A última vez que Atlético e Santos se enfrentaram em um duelo eliminatório está mais fresca na cabeça dos torcedores. Foi nas quartas de final da Copa do Brasil de 2010.

Liderado por Diego Tardelli, que balançou as redes por três vezes, o Galo venceu o jogo de ida por 3 a 2 no Mineirão.

No jogo de volta, porém, melhor para o Alvinegro Praiano, que anotou um 3 a 1, na Vila Belmiro (confira os gols no vídeo abaixo), e avançou na competição, em que também se sagraria campeão.

Agora, sob o comando do jovem Rodrigo Santana, o Atlético tenta encerrar esse incômodo tabu, e manter vivo o sonho do bicampeonato da Copa do Brasil.