Atlético

Zaracho e Hulk marcaram os gols do Atlético sobre o Bahia nesta quarta-feira

Que Hulk é um jogador incrível, todo atleticano já sabe. Mesmo assim, é impressionante como a cada partida o atacante prepara uma surpresa diferente para a Massa. Três dias depois de balançar as redes do Bahia, duas vezes, nos 3 a 0 no Mineirão, pelo Brasileiro, o Vingador voltou a fazer a diferença diante do tricolor, desta vez pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Autor de um gol e do início da construção da jogada que resultou na assistência de Dodô para o tento de Zaracho, nesta quarta-feira (28), novamente no Gigante da Pampulha, o camisa 7 comandou o triunfo alvinegro por 2 a 0.

Com o resultado, o Atlético pode até perder por um gol de diferença no confronto de volta, no estádio Joia da Princesa, na próxima quarta (4), às 21h30, que mesmo assim avança na competição mata-mata.

Antes disso, o Galo enfrenta o Athletico-PR, no domingo (1), às 16h, também em BH, pela 14ª rodada do Brasileirão.

O jogo

Com as linhas mais altas, o Bahia marcava o Atlético sob pressão e teve uma grande chance com Ronaldo, mas Everson cresceu para cima do atacante. Paulatinamente, o Galo foi ganhando espaço e passou a criar oportunidades. Em uma delas, aos 36 minutos, saiu o gol de Zaracho. Dodô aproveitou o passe cirúrgico de Hulk e, na esquerda, colocou na medida para o argentino abrir o placar.

O Alvinegro ainda desperdiçou outras chances para ampliar no primeiro tempo, como a que Nacho Fernández deixou de aproveitar a bola lançada por Mariano aos 45. De qualquer modo, o time mineiro foi para o intervalo com a vitória parcial.

Na segunda etapa, Hulk tratou de marcar o segundo gol aos 28 e garantir mais uma festa da Massa.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 2
Everson; Mariano, Réver, Alonso e Dodô; Allan, Tchê Tchê (Neto), Zaracho (Calebe) e Nacho (Hyoran); Savarino (Sasha) e Hulk (Nathan)
Técnico: Cuca

BAHIA 0
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick de Lucca, Jonas (Lucas Araújo) e Daniel (Matheus Galdezani); Rossi, Ronaldo (Rodriguinho) e Gilberto
Técnico: Dado Cavalcanti

DATA: 28 de julho de 2021 (quarta-feira)
LOCAL: Mineirão
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: Jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Raphael Claus, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima, todos de São Paulo
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
CARTÕES AMARELOS: Zaracho, Alonso (Atlético); Gilberto, Nino Paraíba (Bahia)
GOLS: Zaracho aos 36 minutos do primeiro tempo; Hulk aos 28 do segundo tempo