A pandemia pelo novo coronavírus provocou vários adiamentos de jogos na Série B do Campeonato Brasileiro e isso faz com que a classificação atual da competição seja irreal. E isso afeta América e Cruzeiro, pois este efeito acontece nas duas extremidades da tabela.

arte

O objetivo principal de Coelho e Raposa é uma vaga no G-4, grupo que garante acesso à Série A do ano que vem. E três clubes que também estão nesta briga têm jogos a menos, sendo que a Chapecoense, que já é quarta colocada, entrou em campo sete vezes, contra nove partidas já disputadas pelos times comandados por Lisca e Ney Franco.

Quarta-feira

O Cuiabá, que é sétimo, com 15 pontos, também teve um jogo adiado. Se vencer esta partida, que é contra o lanterna CSA, no Rei Pelé, em Maceió, na próxima quarta-feira (16), vai aos 18 e retorna ao G-4 como líder, pois os três primeiros neste momento, Ponte Preta, Paraná e América, somam 17.

A Chapecoense tem jogos adiados contra os dois times alagoanos desta Série B. Falta receber o CSA, na Arena Condá, em jogo que seria pela 2ª rodada, e enfrentaria o CRB nesta 9ª rodada, no Rei Pelé, mas no último domingo (13) fez o jogo de volta da decisão do Campeonato Catarinense contra o Brusque, vencendo por 1 a 0 e conquistando o título, pois já tinha feito 2 a 0 na ida.

O terceiro clube que briga por G-4 com jogo adiado é justamente o CRB, que ocupa a oitava posição com 13 pontos e ainda encara a Chapecoense.

Dona do melhor aproveitamento da Série B, com 76%, contra 63% dos três primeiros colocados, a Chape se isola na liderança com uma vitória ou dois empates nos jogos que lhe faltam.

Como essas partidas ainda não têm data definida pela CBF, o América não corre o risco de perder um lugar no G-4. Pode, no máximo, cair para a quarta colocação se o Cuiabá vencer o CSA.

América e Cruzeiro voltam a campo, pela Série B, no próximo sábado (19). O Coelho recebe o Figueirense, às 16h30, no Independência. A Raposa encara o CSA, às 21h, em Maceió.

arte

CLIQUE PARA AMPLIAR