A seleção brasileira inicia sua preparação para os Jogos Olímpicos com o ataque praticamente definido. Neymar, Hulk e Leandro Damião formaram o trio ofensivo nos últimos amistosos e agradaram o técnico Mano Menezes. Mesmo assim, Alexandre Pato mantém a esperança de conquistar a vaga antes da estreia em Londres, diante do Egito, no próximo dia 26.

A seu favor, Pato tem o fato de ser o único atacante que já disputou uma Olimpíada. Ele fez parte do grupo que conquistou a medalha de bronze em Pequim, em 2008, quando tinha apenas 18 anos. "Eu luto desde que eu sai de casa aos 11 anos, o Mano vai decidir quem vai jogar, estou preparado", declarou.

Caso conquiste a posição, o jogador do Milan terá a oportunidade de formar o ataque com Neymar, principal nome do futebol brasileiro na atualidade e que tem atraído muita atenção da imprensa europeia. "Isso é muito legal, porque o Neymar está levando para o mundo todo o estilo do Brasil, de drible, de futebol alegre e de ousadia", comentou Pato.

Nos últimos meses, Pato viu seu nome ser envolvido em especulações e uma delas tratava de uma possível negociação com o Corinthians. Os boatos aumentaram depois que ele esteve no Pacaembu para assistir à final da Libertadores. O jogador negou qualquer interesse do time paulista, mas preferiu não fazer projeções para depois da Olimpíada.

"Eu até fui no estádio ver o jogo do Corinthians na Libertadores, foi muito legal, dei os parabéns ao Corinthians pelo título, mas eu tenho contrato com o Milan até 2014 e no momento a minha cabeça está totalmente voltada para a Olimpíada e conquistar o ouro. O que vai acontecer depois eu não sei", afirmou.