Perrella é apresentado como novo gestor do Cruzeiro e terá filho de 'Pedro BH' como auxiliar

Guilherme Piu*
11/10/2019 às 18:05.
Atualizado em 05/09/2021 às 22:11
 (Hugo Lobão)

(Hugo Lobão)

O novo gestor de futebol do Cruzeiro foi apresentado na tarde desta sexta-feira, na Toca II. Zezé Perrella volta ao futebol da Raposa após oito anos, e em seu primeiro contato com a imprensa disse que retorna com a missão de ajudar. 

“Estou voltando com a responsabilidade muito grande, sabendo que o momento do Cruzeiro é difícil. Já passamos por situação semelhante em 2011, e conseguimos sair. E tenho convicção que vamos superar mais este desafio”, disse. 

Perrella não será apenas o gestor do futebol. Ele acumulará duas funções, já que não abandonará à presidência do Conselho Deliberativo. 

"Lembrando que eu não deixei minhas funções de presidente do Conselho. Vou coordenar o departamento de futebol até dezembro. Falei com o presidente Wagner que depois vou cumprir o meu mandato no Conselho. Nunca pensei que iria voltar como dirigente, mas as circunstâncias me levaram a isso. Aceitei o desafio”, explicou. 

Apesar do acúmulo de atividades, Zezé Perrella não gerará custos aos cofres do Cruzeiro. O presidente Wagner Pires de Sá garantiu que o novo gestor do futebol celeste não receberá salários. 

“Ele, além das funções de presidente do Conselho Deliberativo, vai nos ajudar no departamento de futebol. Vai gerir o futebol do Cruzeiro. E é bom frisar que ele fará isso voluntariamente e sem remuneração”, garantiu Pires de Sá. 

Volta ao clube 

Presidente do Cruzeiro no ano em que o clube escapou do rebaixamento na última rodada do Brasileiro, Zezé Perrella quer que o clube mantenha o status de nunca ter sido rebaixado. 

"A situação é complicada. Me lembra 2011, quando nós tínhamos no primeiro semestre um time considerado o melhor do Brasil, mas fomos desclassificados pelo Once Caldas (na Libertadores), as coisas saíram dos trilhos e nem precisa de eu contar o final do enredo. Passamos um período de muita dificuldade e quase fomos para a Segunda Divisão. E o Cruzeiro tem, na sua história, e o torcedor fala com muito orgulho que o Cruzeiro é um dos poucos times que não caíram. Isso funcionava como um título para o Cruzeiro. E nós não vamos deixar perder este título", ponderou. 

Ajuda na gestão 

Na gestão do futebol cruzeirense Zezé Perrella terá um braço direito. Pedro Junior, filho do conselheiro Pedro Lourenço, dono dos Supermercados BH, será uma espécie de auxiliar no departamento de futebol. 

A mudança é um forte indicativo de que o mecenas, empresário do ramo supermercadista quer ficar por dentro das coisas do clube. Pedro Lourenço é um dos possíveis candidatos à presidência do clube em eleições que serão convocadas de forma antecipada pelo presidente Wagner Pires de Sá.

“Ele se quiser ser o candidato, será o candidato (Pedro Lourenço). Meu, do Wagner (Pires de Sá), do Gilvan (de Pinho Tavares), do Alvimar (de Oliveira Costa), de todos nós. Eu estou conversando com ele para ser o patrocinador máster, ele está estudando essa possibilidade. Mais importante do que isso é o patrocínio que ele vai tentar arrumar para nós com os fornecedores do supermercados dele.

Acho que é importante dizer que eu apoio o Pedro até por isso, a capacidade dele de trazer recurso é muito maior do que qualquer outro candidato. Maior do que a minha, maior do que qualquer presidente do Cruzeiro por causa do seu poderia empresarial (...) Seria um presente para a gente se ele aceitar esse desafio (ser presidente)", disse Perrella, que completa.

"Eu estou trazendo também o Pedro Junior, o filho dele para me ajudar. Será meu assessor direto aqui no futebol. Isso prova a vontade do Pedro em estar aqui dentro para ajudar, emprestando a própria experiência do filho, que vai ficar com a gente nesse período", diz. 

Colaborou Hugo Lobão

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por