Em 2 de dezembro de 2019, em São Januário, no Rio de Janeiro, o Vasco fez 1 a 0 no Cruzeiro, pela 36ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, na estreia de Adilson Batista, e praticamente decretou o rebaixamento cruzeirense, que passou a precisar de resultados de terceiros nas duas últimas partidas, quando ele voltou a ser derrotado por Grêmio e Palmeiras.

Neste domingo (21), os vascaínos entram em campo na Neo Química Arena, em São Paulo, para encarar o Corinthians, pela 37ª rodada do Brasileirão de 2020. E podem terminar o confronto condenados ao reencontro com o Cruzeiro, que repetirá a Série B em 2021.

Benitez meia Vasco

O meia Benítez é dúvida vascaína para a partida decisiva deste domingo, contra o Corinthians, em São Paulo

Com 93,7% de chances de queda, segundo o site Probabilidades no Futebol, mantido pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Vasco precisa pontuar na capital paulista para que este número não se transforme em 100%. Isso acontece por causa da goleada de 4 a 0 do Bahia sobre o Fortaleza, na noite do último sábado (20), no Castelão.

Os vascaínos, que ocupam a 17ª posição, somam 37 pontos. O Fortaleza, agora o time mais próximo, tem 41. Se perder, a equipe de Vanderlei Luxemburgo seguirá com quatro pontos a menos, faltando apenas três por disputar. 

O problema é que vai encarar um Corinthians desesperado na briga por vaga na Copa Libertadores do ano que vem. A fase de grupos não é mais uma realidade para o time do Parque São Jorge. A participação na principal competição de clubes da América do Sul só é possível com a disputa das suas etapas preliminares.

Segundo a UFMG, as chances corintianas de classificação são de apenas 4,5%. Mas elas sobem em caso de vitória sobre o desesperado Vasco.

Formações

O técnico Vágner Mancini, do Corinthians, terá os reforços do lateral-direito Fágner, livre de suspensão, e do meia Cazares, que retornou de lesão na derrota de 1 a 0 para o Santos, na última quarta-feira (17), entrando na etapa final.

Por outro lado, ele não deve contar com o volante Gabriel, que sofreu uma lesão muscular e não treinou nos últimos dias.

No Vasco, um grande problema para Vanderlei Luxemburgo é a provável ausência do meia argentino Benítez. Ele sente dor muscular numa das coxas e se for vetado pelos médicos, Carlinhos deve ser o seu substituto.

A formação vascaína está cheia de dúvidas. Na zaga, Marcelo Alves e Ricardo Graça brigam para formar dupla com Leandro Castán.

No meio, além do problema envolvendo Benítez, Luxemburgo tem dúvida entre Leo Gil e Andrey, como segundo volante, e Yago Pikachu ou Ygor Catatau como meia pelo lado direito.

No ataque, Talles Magno e Juninho brigam para formar dupla com o centroavante Cano.

A FICHA DO JOGO

CORINTHIANS

Cássio, Fagner, Jemerson, Gil e Fábio Santos; Xavier e Cantillo; Gustavo Mosquito, Cazares e Mateus Vital; Léo Natel. Técnico: Vágner Mancini

VASCO

Fernando Miguel; Léo Matos, Leandro Castan, Marcelo Alves (Ricardo Graça) e Henrique; Bruno Gomes, Leo Gil (Andrey) e Benítez (Carlinhos); Yago Pikachu (Ygor Catatau), Cano e Talles (Juninho). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

DATA: 21 de fevereiro de 2021

HORÁRIO: 16h

ESTÁDIO: Neo Química Arena

CIDADE: São Paulo

MOTIVO: 37ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

ARBITRAGEM: Anderson Daronco, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau, todos do Rio Grande do Sul

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

TRANSMISSÃO: Premiere