Com mais de 98% de chances de conquistar o título do Campeonato Brasileiro, o Atlético vive um de seus melhores momentos em 113 anos de história.

Entretanto, a extensa trajetória alvinegra no futebol registrou percalços. O maior deles foi superado há exatos 15 anos. No dia 18 de novembro de 2006, o Galo venceu o Ceará por 1 a 0, no Castelão, pela 37ª rodada da Série B, e garantiu o título da competição.

O atacante Marinho, no primeiro minuto do jogo, fez o gol que garantiu a taça ao time então comandada pelo técnico Levir Culpi.

A equipe alvinegra havia sacramentado o acesso à Série A na rodada anterior, ao bater o Coritiba, de virada, por 3 a 2, no estádio Couto Pereira.

Com 71 pontos, resultado de 20 vitórias, 11 empates e sete derrotas, o Galo terminou o campeonato na primeira colocação, seguido por Sport (64), Náutico (64) e América-RN (61), que também garantiram o retorno à elite do futebol brasileiro.

Herói do acesso e do título, Marinho foi o artilheiro do Galo no torneio com 17 gols.

Festa e ciclo fechado

A rodada seguinte, última do campeonato, foi de festa. Muita festa. Com mais de 70 mil torcedores no Mineirão, o Alvinegro empatou em 2 a 2 com o América-RN, em duelo que marcou o reencontro do time com a torcida após a confirmação da conquista.

Com direito a volta olímpica e show de Beth Carvalho – intérprete da famosa música ”Vou Festejar”, que embalou as arquibancadas alvinegras durante a Série B, time e torcedor encerraram, em alto astral, um dos capítulos mais difíceis da história do Atlético.

FICHA DO JOGO

CEARÁ 0 X 1 ATLÉTICO

CEARÁ

Adilson; Arlindo Maracanã (Sandro), Clécio (Vavá), Preto e Sérgio; Sidney, Tiago Almeida, Leanderson e Adrianinho; Reinaldo Aleluia e Vinícius.

Técnico: Dimas Figueiras

ATLÉTICO

Diego Alves; Luizinho Netto, Marcos, Daniel Marques e Thiago Feltri; Rafael Miranda, Bilu (Danilinho), Márcio Araújo e Marcinho; Éder Luis (Galvão) e Marinho (Tchô)

Técnico: Levir Culpi

DATA: 18 de novembro de 2006
LOCAL: Castelão
CIDADE: Fortaleza
MOTIVO: 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B
ARBITRAGEM: João Alberto Gomes Duarte, auxiliado por Milton Otaviano dos Santos e Eduardo Lincoln Neves. Trio do Rio Grande do Norte
GOL: Marinho, no 1º minuto do primeiro tempo
CARTÕES AMARELOS: Leanderson (Ceará); Thiago Feltri, Bilu e Marcinho (Atlético)

Leia mais
Em menos de um mês, Atlético pode faturar quase R$ 90 milhões em premiações
Atlético tem mais de 98% de chance de ser bicampeão brasileiro
'Todos contra a Importunação Sexual': Mineirão lança campanha contra o assédio nos jogos